Total de visualizações de página

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Abaixo a ditadura da magreza....

Eu sempre fui magra. Sempre fui.
Não aquelas magras desastrosamente magras, mas nunca fui gorda.
Quando entrei na faculdade, tive um distúrbio alimentar, que nem sei como bem começou, mas perdi muitos Kg e cheguei a pesar 43 KG... Fiz tratamento e logo recuperei. No entanto, nunca mais voltei a ser "normal". Me via no espelho gorda, entendeu?
Não tolerava nenhuma gordura na barriga... E meu peso oscilava entre 48 Kg e 49 Kg...
Me casei com 49 Kg... Mas daí tudo bem, noiva é tudo neurótica mesmo...
No começo do ano, fui ao chá de bebê do Ian, cuja mãe é minha amiga de infância e me conhece bem...
Estávamos conversando quando ela disse: Chica, vc era beeeeem mais gostosa!!!!
Assim, simples e direta!
Voltei pra casa pensando naquilo... Estranho né?
Bom, desde aquele dia eu decidi: Eu não quero ser essa magrela que eu sou! Eu quero voltar a ser a gostosa que a Ju falou!
Bom, algumas providências foram tomadas: Parei de fumar : o que já acarretou sem fazer nada, pelo simples fato do meu corpo não ter que fazer "força" para se livrar daquilo que ele considera como veneno, ganhei 02 KG.
Ok. Sem dramas. Pensei: Quimioterapia tbm emagrece, e nem por isso que quero fazer, certo?
Certo!
A academia me fez encorpar novamente minhas coxas, bumbum e peito!
Atualmente estou com 54 Kg.
Três deles são de puro músculos que ganhei e fiz avaliação física. E o outro é de uma leve gordurinha sim...
E quer saber?
Tô uma baita duma gostosa.
Peitão, coxão, bundão.
Muito mais gente me olha na rua. Tô gorda pro padrão modelete, mas tbm não tenho altura pro padrão modelete, então, fodasse!
Meu marido tá me achando uma baita duma gostosa. E a Ju que me viu outro dia, falou que melhorou, né Jusias?
Posso falar? Tô bem mais feliz!
Tenho quase 26 anos, tô com um corpo mais cheio, minhas calças tão mais justas, mas por outro lado continuo vestindo as mesmas roupas e tô me achando!
Rá.
Tomo minha cervejinha, como meus petiscos, almoço com gosto e posso falar?
Sou muito mais a nova EU!!!!!
Abaixo a ditadura da magreza! Sem fazer apologia a gordura, porque gordura em excesso faz mal.
Mas a todo o charme da picanha tá na gordurinha, não tá não?
Eu não sou modelo, sou economista.
Eu não tenho mais de 1,70. Tenho só um pouco mais de metro... Rá. ( tá bom, 1,58).
Eu sou casada com um homem que me acha tudo, que nem liga se eu tenho uma barriguinha
(atenção: barriguinha, não uma pança gigante), eu tomo minhas pinga mesmo, como meus pastéizinhos e sou feliz. Muito feliz.
E posso falar? Sou bem mais ser gostosa do que a magrela que eu era antes!!!!
Nada contra quem opta por ser magrela, esguia como as modeletes. É uma opção. Mas hoje, tendo experimentado a neura da magreza e a situação atual, de malhar, comer, beber e malhar sim porque a gravidade tá aí pra derrubar a nossa bunda, prefiro hoje.
Eu malho mais. mas eu como e preencho a calça com a minha bunda!
Rá.
Viva bunda grande.
Viva o Brasil.
Faça a sua escolha. A escolha que te faz feliz, não a escolha que a mídia quer que vc faça!!!!
beijos!

12 comentários:

Joao Luis Amaral disse...

Tá aí um post sobre o qual eu não posso comentar NADA, bí-so-lu-ta-men-te NADICA DE NADA.
Tá maluca? Seu marido é maior que eu (belas merdas... até o Garfield é), seu marido é mais forte que eu... portanto, se eu concordar com você, tomo porrada. Se eu disser que vc é baranga lazanhuda e xexelenta, tomo porrada.
Assim sendo, CALO-ME!
Bj sua... sua... sua NEUTRA!

Olly disse...

Tu me acha maior gostosa qyue eu sei Mickey Mouse!!!!! Rá....Saudades!!!!

beijos

Renata R. disse...

Bruninha, temos a história muito parecida. Porque eu também era magreeeeeeeeela e me sinto infinitamente melhor hoje! ;)

Beijo!


E tô morrendo de rir aqui com o comentário do João! hahahahaha

Mica disse...

Sabia que minha irmã tá me falando isso? Que eu estou neurótica na onda de ser magra? Eu já fui gordinha - não um elefante, mas gordinha - e depois que eu fiz uma baita dieta para perder doze quilos (quando a gente se conheceu no Cash eu estava de dieta!), o Rô acha que eu perdi o meu charme, que a bunda murchou e que eu pareço um esqueleto. O pior é que eu engordei uns dois quilos desde o meu casamento e estou me achando enorme! Não é normal, né amiga? Vou pensar um pouquinho no seu post... Beijos!

Milena disse...

Aiiii escrevi um montão e deu pau! Vai lá no meu blog que fiz um post inspirado nesse aqui!

beijooo gostosona!

Mamãe Flá disse...

oi gosssstosaa... adorei!!! hahahaha que eu me lembre vc era beemm da goxtosa mesmo!!

A gabes tá com 1 e 9! Delícia de fase!!!
Aceitamos visita...
beijossss

mari disse...

a-do-rei!
(e 1,58 is the new black! haha)
beijo

Ice Ice Baby disse...

eu fui magra até os meus 12 anos de idade...depois tudo mudou!

passei a ser uma bolinha, depois uma pessoa normal com uma pancinha de ursinho de pelúcia...e atualmente eu tento manter o bom senso...

tipo, hj eu comi bife a milaneza com fritas mas de noite vou fazer sexo selvagem p/ queimar todas essas calorias! haha

bjs ollyyyyyyyyyyyy

Daniely Novo Kamaroff disse...

PÔ AÍ EU SOU A ÚNICA AQUI QUE SEMPRE FOI GORDINHA?...AHAHHAHAHAHAHHA
Eu nunca fui magra, mas acho que mulher tem que ter uma carninha...NÃO UMA JACA DO JEITO QUE EU ANDO...AHAHAHA
Mas vou voltar a normal.
Bjks

mamãe disse...

adorei ter essa influência! te amo amiga! beijos

Aline disse...

Nada como ser feliz como se é. Não importa se gorda, magra, baixa, alta, etc...
beijos

helen disse...

U-hu!
GOSTOOOOOOOOSA :)

Miga, tamos aí: 1,60 com a bata da perna parecendo a do Roberto Carlos. Foi o melhor que eu consegui, né...

beijo!