Total de visualizações de página

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Conto de Fadas....

Eu tenho um problema com a expressão Para Sempre!
Pronto falei.
E todas as coisas que vem antes do "Para sempre".
Vc vai ficar neste emprego para sempre.
Vocês serão felizes para sempre.
Pometo ser fiel para sempre.
Vou te amar para sempre.
Vc vai ficar sem andar para sempre.
Eu vou ficar sem falar com vc para sempre.
PQ???
Pra quê tudo isso?
Eu tenho tido muito medo de coisas que são perenes.
Situações perenes, saca.
E me peguei pensando nisso ontem, quando vi uma moça grávida no elevador.
Ela tem noção de que a vida dela mudou para sempre?
Ela vai ter um nenê, e um filho, um filho é pra sempre né?
Não que seja uma coisa ruím, não estou em hipótese alguma dizendo isso.
Estou apenas dizendo que é para Sempre!
E é nisso que eu tenho pensado.
No significado das coisas perenes.
Situações perenes.
Para sempre é tempo pra caralho, não é?
Eu gostaria muito que minha família vivesse para sempre.
Mas daí a dizer que o resto das situações tbm deveriam ser para sempre, ah, não me agrada essa idéia.
Tenho tido medo do para sempre.
talvez porque eu não acredite em nada que seja Para sempre, talvez porque eu não goste da idéia imutável das coisas serem para sempre.
Me parece uma coisa meio morna, esse tal de para sempre.
E eu detesto coisas mornas.
Lembro que quando eu me casei ficamos numa discussão ( nada acalorada não, apenas uma troca de idéias) sobre aquele discurso de casamento que ngm consegue fugir muito sabe?
Aquela coisa, na alegria, na tristeza, na saúde e na doença até que a morte nos separe... Enfim, eu não queria esse discurso. Acho hipócrita. Mas no final das contas acabamos fazendo este mesmo porque não rolou escrever os próprios votos e tal.
Eu não estou falando que todo mundo mente no seus votos. Não é isso. mas estou dizendo sim que naquele momento pode ser que aquilo seja verdade, mas nós sabemos que pra sempre é muito tempo, e vemos os casamentos por aí todos os dias.
Peguei esse exemplo do discurso porque termina com a morte nos epare, o que de fato seria o para sempre.
Ai, to divagando, divagando e me perdi.
Mas como isso aqui é minha terapia gratuita, desabafei pelo menos.
Para sempre é tempo pra caralho. pronto, falei.
Pra tudo.
E é isso que eu penso hoje.
Amanhã talvez eu mude.
Graças a Deus!

6 comentários:

Renata disse...

Sabe o que eu acho? Eu pelo menos entendo assim...é claro que a gente não tem garantia nenhuma de que vai ser pra sempre (o casamento), amanhã a gente pode deixar de amar, pode conhecer outra pessoa, sei lá, mil hipóteses...mas quando a gente casa, a gente tem pelo menos o desejo de que seja pra sempre. Naquele momento temos a certeza de que é aquilo que queremos pra nossa vida. Senão não tem sentido! Sei lá, eu pelo menos casei desejando que fosse pra sempre, e ainda desejo...mas se não for, paciência, né?
beijos, querida.

Alexsandra Moreira disse...

Ixiiiii...

Também concordo que o "Para sempre" é pesado demais, pois se tem uma coisa que eu gosto é de mudar...

Usar o "Enquanto dure" é mais aceitável para mim. heheheheh

bj

Thania disse...

O termo "pra sempre" nos dá a entender de q teremos q ficar amarrados áquilo pra sempre, o q é uma grande bobagem. O velho e bom "E seja eterno enquanto dure" ainda é a melhor opção...rs

Bjos

Ice Ice Baby disse...

haha, só vc pra falar q "pra sempre é tempo pra caralho" eu achar genial!!!

mas ó..eu sou budista e portanto acredito que a única coisa constante é a inconstância...nada é pra sempre no sentido de duração...mas sim no sentido de que aquilo aconteceu e pra sempre estará no seu passado ou na sua memória...mas nada é eterno, nem mesmo o filho e a mãe q vc exemplificou...

tudo tem começo, meio e fim...é q é difícil lidar com a necessidade do fim...

bjs chuchu

FELICIDADE disse...

Acredito que "para sempre" é tempo demais...

Srta processável! disse...

mas não tem aquela que " o pra sempre, sempre acaba"???

tenho medo, mas respeito o pra sempre...
pq até tem coisas que eu desejo que sejam pra sempre...

se bem que a coisa mais importante que eu tinha, e que deveria ser uma lei natural "ser pra sempre".. não foi...

então hj eu não sei se posso confiar no pra sempre...
por via das dúvidas não confio... preciso me defender do "pra sempre"...

xiiiiiii, to viajando! rs

beijo!