Total de visualizações de página

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Minha fantasia rasgou!


A vida é tão esquisita né?
Ontem, após chegar do bar, e tendo comentado com atriz exatamente a mesma coisa sobre a qual vou discorrer abaixo, conversando com o gatinho , ele me fez perceber coisas sobre mim mesma que eu sei, eu tenho ciência, mas que poucas pessoas tem.
E ele, que me conhece há sei lá, alguns dias, teve a sensibilidade de perceber.
Coisas que nem meu ex marido, nem o lindo, nem Bangu, nem ninguém, com exceção da atriz e da minha terapeuta perceberam...
Embora minha teraopeuta tenha estudado para isso e a atriz seja uma semelhante, logo eu tbm me vejo nela...
Coisas que eu nem sei se são tão óbvias, para mim, que vivo isso todos os dias é óbvio.
Para os outros, pelo que eu percebbo, não.
Eu sou muitas coisas.
É claro que não sou uma fraude e que o que vocês lêem aqui, é muito o que eu escolho mostrar.
É uma faceta minha.
Eu escolho mostrar uma parte da minha personalidade que eu me acostumei a ter.
Que por proteção, ficou como uma máscara que eu não tiro.
Uma fantasia que me acompanha o ano todo, e não só no carnaval.
E que nem por isso quer dizer que eu invento as coisas aqui.
De jeito nenhum.
Eu apenas escrevo com humor e muitas vezes não falo o que sinto tão honestamente a respeito. E é por iso que eu mantenho um diário escrito, de papel, porque eu sinto coisas que não mostro.
Eu tiro a fantasia às vezes.
Só as vezes.
Mas demoro. Demoro até  a mostrar quem eu realmente sou para as pessoas que estão se relacionando comigo.
A ponto de já ter ouvido: Vc não parece ser doce assim!
Mas sou.
Demoro bastante e por demorar, muita gente não espera a máscara cair....
Foge antes.
E me sinto julgada.
E acuso de fracos e chauvinistas!
E , eventualmente, choro.
Do nariz ficar vermlho, do queixo tremer. Sentida.
E daí eu fiquei avaliando, depois de tudo que ouvi do gatinho, e foi ótimo nesse aspecto, se eu teria capacidade de mostrar o meu lado mais doce ao mundo.
Se eu teria capacidade de mostrar o meu melhor e não apenas meu lado Luca " tô nem aí".
Ao invés de tanta auto proteção, com medo de ataques inesperados, por que motivo eu não consigo mostrar a minha face mais bacana?
Por que eu tenho tanto que levantar a bandeira do fodona, quando na verdade eu tbm sou mulher?
Tá certo que não sou uma mulher mimimi, não sou mesmo.
Sou mais prática mesmo.
Não gosto de discutir relação, sou a favor da felicidade, não sou de pegar no pé cobrando mil e uma satisfações, mas pra isso eu tenho que me sentir segura.
Eu tenho que confiar.
Mas uma vez que eu confie, pronto, não encho o saco.
Mas  o questionamento é esse:Por que eu não consigo mostrar meu lado doce?
Porque eu não mostro o quanto eu sou bacana?
Bacana do verbo : se eu gostar de você, e estou me referindo aos homens, eu vou te tratar como um rei.
Porque eu sou assim.
Eu mimo.
Eu cuido.
Eu me entrego.
Eu sou leal.
Sou parceira.
Eu sou de fazer surpresas, saca?
Alguém diz isso, olhando pra mim?
Alguém diz que eu sou capaz de acender velas, fazer massagem com óleos e fazer milhões de chamegos em alguém?
Alguém aqui diria que eu sou das pessoas mais carinhosas do mundo, embora independente, piadista, resolvida?
Alguém diria que eu quero uma relação monogâmica e que não tenho isso agora e por isso tô nessa vida besta de cada hora estar com um?
Porque é o que tem pra hoje?
E que dentre as minhas possibilidades tenho procurado escolher as que fazem menos estrago na minha vida? Porque zero tenho a intenção de ser vazia e amarga?
Alguém diria que eu fico triste quando começo a sair com alguém e essa pessoa some do nada?
Tipo, onde estão as pessoas que não conseguem se envolver?  Vão pra ilha de lost?
Alguém diria que apesar de ser muito engraçada,  muito piadista, muito madura, muito qualquer coisa que vocês queiram que eu seja, eu tbm sofro?
Que em mim, também dói?
Alguém diria que eu uso o humor para rir das coisas que acontecem na minha vida, porque se eu for contar minha vida pra um carroceiro, o burro é o primeiro a chorar?
Tá bom, exageros a parte, minha vida não é assim tbm, é até bem divertida, porque acaba que as pessoas solteiras tem mais histórias pra contar, a vida parece mais divertida pra quem vê de fora, mas nem tudo são flores.
Eu tbm quero trocas.
E  não me refiro a trocar de parceiro.
To falando de outras trocas.
Alguém diria que eu depois de tudo que eu sofri pelo lindo, no ano passado, só fui me reestabelecer seis meses depois, que eu chorava de gritar na cama, que era quase uma dor física e que eu não tinha nem forças pra escrever no blog?
Que depois que ele me largou da maneira mais sórdida do mundo, eu ia para o banco chorando no trânsito, parava antes de entrar e na saída chorava de novo?
Alguém diria que quando isso aconteceu eu chorei todos os dias por seis meses e meio?
Alguém diria que eu fiquei pior depois disso, que eu simplesmente prometi a mim mesma que NUNCA mais alguém me faria passar por isso?
Que eu nunca mais choraria e sofreria daquela forma grotesca?
Que me desetabilizou, mexeu com minha auto estima, e que eu me senti a pior pessoa do mundo?
Alguém diria que eu sou um puta de um coração mole e que tenho dificuldade depois do que passei de acreditar no amor, embora eu queria desesperadamente me apaixonar, pq não quero um amor inventado?
Mas por outro lado não estou deseperada por uma relação. Eu quero que isso aconteça de maneira natural, e tenho medo que não aconteça.
Eu não sou, de fato uma pessoa meiga. Não sou.
A começar pela voz, gestos, eu sou mais moleca, menos menininha.
Mas isso não muda minha essência.
E eu sou boa.
Boa do verbo tenho o coração bom, não faço mal pras pessoas, tomo cuidado com as pessoas, não machuco deliberadamente, não maltrato intencionalmente.
Procuro agir com retidão.
E por mostrar esse meu lado mais rock and roll, que também faz parte do que eu sou, porque eu realmente não levo desaforo e eu realmente não me permito criar tantas expectativas ( que como sabemos comprimem o estômago e borram maquiagens) , eu sou mal interpretada e afasto muitos dos caras com quem eu adoraria ter tido um relacionamento, porque eles devem achar que ficando comigo serão cornos instantaneamente ( e homem tem pavor de chifre) , que se eles não transarem comigo loucamente como se fossem touros num pasto eu vou largá-los, que eu flerto com todos os seres vivos, que eu não me envolvo, que eles podem simplesmente me contarem que comeram a fulana no dia anterior, porque eu não vou ligar.
Oi?
Quem disse Pedro Bó?
Eu lá quero saber com quem vc dorme quando não está comigo?
Não. Eu não quero saber.
Não quero saber porque se eu estou saindo com você, por mais não sejamos namorados, se eu tô saindo com vc é porque gosto de você de alguma forma mais que como amigos, e que não, eu não quero uma droga de uma relação baseada em sexo.
Com exceção do coisinha estranha, que é meu amigo,  esse não é o combinado.
Não é. Simples assim.
Porque com coisinha estranha, não vai rolar.
Eu nunca me apaixonei por ele e nem ele por mim, e é por isso que nossa relação ficou assim, como friends with benefits, porque eu posso ouvir que coisinha estranha sai com outras, eu não ligo.
Assim como coisinha sempre soube de quem eu gostava, que era de Bangu na época.
Então que é isso gente.
Quando eu saia com Bangu, logo depois do lindo, durante muitos meses eu só sai com Bangu.
Uma vez por semana eu saia com Bangu e daí eu me envolvi emocionalmente e enquanto eu não mandei a carta e soube das intenções de Bangu ( ou das intenções dele deixar as coisas como estavam) eu não consegui colocar uma pedra no assunto.
Durante o tempo em que fiquei com Bangu, apesar dele não namorar comigo, eu só transava com ele.
Logicamente depois que nos " separamos" sai com outro.
Mas sempre um de cada vez.
E gente, parem pra pensar, vcs concordam que todos os caras com quem saí durante um tempo form uma tentativa de me envolver emocionalmente falando?
Mas eu não posso forçar.
Tem que acontecer naturalmente e reciprocamente.
Então pode dar essa impressão de que quero só sexo, mas nãooooo!!!
Tem que rolar naturalmente. Eu não vou me forçar a gostar de ngm, assim como não posso forçar ngm a ter sentimentos por mim.
Só que sinceramente se eu pudesse escolher, não gostaria que só tivessem tesão.
Não que seja o caso, eu sei que os caras com que eu sai me adoram, me acham bacana, tem respeito, eu nem sairia com pessoas que não tivessem o mínimo, mas essas pessoas com as quais me envolvi ultimamente não se apaixonaram.
Se por incapacidade minha de fazerem com que se apaixonassem ou se estão todos fechados em suas redomas tentando se proteger como eu, não se sabe.
Mas o fato é que não se apaixonaram.
Simples assim.
E eu sigo tentando, oras.
Uma hora vai aparecer.
Pode não ser naqueles moldes que eu exageradamente elenquei em outro post, pode ter algumas qualidades que citei, não ter outras...
Encontrar alguém não é uma encomenda na fábrica, e eu sei disso.
Eu sei que eu tô mexida pra burro com a conversa que eu tive ontem, vcs devem estar me achando mais louca do que o normal, mas eu realmente fiquei estupefata que alguém tenha me decifrado assim, e estou me sentindo nua.
A fantasia rasgou.
Sabe assim?
Com a fantasia rasgada tenho medo de mostrar a bunda, mostrar as fraquezas quer todos temos e que eu nunca mostro, porque eu não sei fazer isso.
Porque na minha cabeça, se eu fizer isso, estarei dando de bandeja meus pontos fracos pros homens me machucarem.
E eu prometi, lembra? Prometi que nunca mais sofreria assim...
Então eu reclamo de pessoas fechadas, que não estão dispostas a se apaixonarem, mas eu faço o mesmo, incoscientemente.
Por medo.
E onde esse medo tá me levando?
A relações vazias, exatamente do que eu tenho tentado fugir...
E é um circulo vicioso, porque quanto mais eu me mascaro, mais me vendo como uma pessoa que não quer nada com nada e fazendo isso só atraio gente que tbm não quer nada com nada.
E eu precisei ir domir num domingo a uma e meia da manhã,. falando por msgs no face com uma pessoa que se tornou querida para ouvir da boca dessa pessoa que conseguiu me despir em uma hora de conversas. e eu lá, de fodona, perdi o sono.
Para descobrir que tem gente que me enxerga da maneira como eu sou, embora ainda não tenha tido tempo de desvendar todas as nuances da minha personalidade.
De fodona, quase chorei, porque de onde saiu isso gente?
E porque eu tenho vendido para os outros que não quero nada com nada, que quero sexo de qualidade ( embora isso eu queria mesmo) , que por mim ta tranquilo vc comer outras e me contar porque eu sou moderna?
Eu sou tatuada.
Não sou sem coração.
Eu sou moderna sim, sou mente aberta. Mas na boa, se eu to indo pra cama com você , digamos que semanalmente, enfim, com uma certa frequência,  será que dá pra passar pela sua cabeça que não, não é indiferente pra mim?
Mas que eu não vou falar, porque eu tenho medo do que vou ouvir?
Que eu não fico " rendendo homenagem" pros caras porque eu me protejo, vou ficar dando ibope pra nego me pisar?
E o orgulho?
Medo.
Então assim gente, culpem o lindo que me ama.
Mas na boa?
Tá na hora de parar de culpar o meu passado, eu tenho que dar a cara a tapa, mesmo que  o resultado seja negativo.
Com Bangu foi negativo naquelas, mas pelo menos fiquei livre.
Fiquei livre pra seguir.
Consegui tomar a decisão de que não quero essa situação.
Vocês estão entendendo tbm que esse post é muito mais para mim do que para vocês, que devem estar me achando a maluca do século?
Então eu tô mto refletindo sabe?
Refletindo que não tá certa essa minha postura de me defender do indefensável, porque não tem como cobrir o chão com espuma...
Se eu tiver que cair, eu vou cair...
O que não dá, é pra eu armar as próprias armadilhas pra mim.
Não dá pra eu encerar o chão e andar de meias.
E é isso que eu tenho feito.
Eu encero o chão, e caio sozinha.
Sou um perigo para mim mesma no que concerne aos relacionamentos!!!
Estou nua.
Rasgaram minha fantasia.
Mas foi a melhor coisa que poderai ter acontecido.
Porque chega dessa coisa da auto proteção que tá me derrubando, parece que eu vivi anos em guerra, me defendendo dos inimigos...
Armando altas estratégias de defesa, quando na verdade, eu quero poder olhar pra alguém de novo com a mesma sinceridade de outrora e dizer: eu amo vc. Não sei o que vc é meu, não sei quanto tempo ficaremos juntos, não sei, mas eu te amo.
Porque enquanto eu viver nesse lema " olho por olho, dente por dente" morrerei  cega e banguela.
Todos nós, na verdade.
E principalmnte eu.






























11 comentários:

Juh** disse...

Bru, nem sei o que dizer sobre esse post! Não é todo mundo que consegue se abrir assim.
Te admiro muito viu gata?

Beijos

Terapia Coletiva disse...

Que bom que a mulher maravilha saiu de férias e te deixou no lugar dela! Super curti! Parabéns pelo novo começo. Bjocas. Renata.

fatinha disse...

Parabéns pelo post!!!!Adorei te conhecer mais um pouco e mais a fundo... linda por fora e agora mais ainda por dentro. Você é apaixonante e ainda encontrará um amor que esteja à sua altura: doce e sincero. O importante é tentar sempre e nunca ter medo das emoções e das decepções. A vida está sempre em movimento e tenho certeza que um dia o universo conspirará a seu favor. Ser boa, honesta, amiga e sincera ainda vale muito a pena.

Beijos no seu lindo coração!!!!

Sheyla disse...

Você é humana e intensa e, por isso, naturalmente ambígua. O ser humano é assim. Isso é natural. É impossível sermos uma única coisa o tempo todo, somos complexos demais para isso.
Seja quem vc quiser, a hora que quiser. Se abra se quiser, se feche se quiser. A vida é sua. Todas as consequências de suas decisões virão pra vc!
Não deixe que os outros decidam quem e como vc deve ser. Tomara que vc consiga processar tudo e se reencontrar, reinventar ou sei lá o que vc precisa para seguir o caminho escolhido e continuar feliz hj e sempre!
Boa sorte. Sabe?! Essa é a diversão da vida. Se fosse tudo fácil seria tão sem graça.... bj

Eula disse...

Muito boa reflexão sobre você mesmo. Ninguém melhor do que a sua consciência pra dizer pra vc mesma o que deve ser feito, e se você chegou a conclusão de que tem que mudar o comportamento, vá em frente, exercite a sua coragem, porqeu corajosa você é!! Bj

Eula disse...

Muito boa reflexão sobre você mesma. Ninguém melhor do que a sua consciência pra dizer o que deve ser feito, e se você chegou a conclusão de que tem que mudar o comportamento, vá em frente, exercite a sua coragem, porque corajosa você é!! Bj

Monica Louize disse...

Que bom que ele te leu como vc é. Eu fico tão feliz por isso.
Pq eu sou toda engraçadinha tb, né? E até em casa, as pessoas acabam achando que eu não sofro! Que pode vir qq pancada que tudo bem, a Mo é forte.
Forte o caralho! Eu só não me permito cair. Ou talvez eu não me permita ficar no chão por muito tempo...
Digo e repito, faz 7 meses que terminei com o meu ex, que amava a ex namorada dele. Mas essa história ainda não foi digerida por mim.
To mais com pé atrás que o normal, pq eu tinha decidido que pra ele eu entregaria o que eu tenho de melhor.
E eu fiz isso. Eu era 100% dele, e eu achava legal demais essa condição.
Mas tomei no meio do meu cu!!! hahahahahah
E pra variar, eu fazendo minha terapia aqui, né?
Lov, Amora.
Beijos

closet da fla disse...

Achei o máximo o seu post, mas olha vou te dizer uma coisa: Acho que dá prá sacar sim esse seu lado meiga e sensível. Na minha opinião vc só está passando por uma fase solteira e tem que ser assim mesmo, mas isso não deixa de lado esse seu lado que vc acha que ng percebe. Percebemos sim Bru,vc é doce sim!!!!! Bjsss

REINVENTANDO disse...

Gente!! Amei seu perfil, seu blog e o texto, que me me levou completamente a reflexão...já estou te seguindo!!!Bjs. Sandra

Débora Rodrigues disse...

Bru... Eu sou assim. Sou doce,faço de tudo pela pessoa com que eu estou,choro de me trancar no banheiro sentada por horas,sofro pelas pessoas enquanto as pessoas não estão nem aí,adoro fazer surpresas,sou sincera... Mas ultimamente,eu estou me castigando por ser assim,pq sempre acabo sofrendo. E toda vez eu falo: "ah,dessa vez vai ser diferente,vou ta nem aí..." Mas nunca é diferente. Não consigo ser outra coisa... Nao consigo fazer como as outras pessoas,saber q uma pessoa ta triste por sua causa,e nao fazer nada,nao responder msg,ignorar(é isso q ta acontecendo esses dias,e olha que a pessoa nao vale nada!!mas fico mal)... Me empresta sua máscara?? hehehe :((

Sabrina disse...

Parabéns por conseguir se abrir assim, isso êh pra poucos. Vc se mostra forte, mas todos nos temos nossos pontos fracos, sensíveis, de entrega... Que tentamos mascarar para seguir a vida, pois ela, a vida, nao êh mole nao.
Super mulher que vc êh!!! Vc inspira todas nos. Beijos