Total de visualizações de página

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Sobre tudo e nada...

E eu falo que rola toda uma democracia no meu blog, como vocês podem observar nos comments abaixo.
E dessa vez não vou me dar ao luxo de comentar, porque né?
Não tenho tempo... E acho corretíssimo a diversidade de opiniões... Voltem sempre.
Obrigada pelo prestigio...
Vamos ao que realmente interessa, que definitivamente não é o meu pulmão, nem a água do planeta, e muito menos minha boca suja e ZZZZZZ....
Esse findi rolou vinho em casa, pizza, jogo do Palestra e sono né?
Dormi bastante...


Assistindo à novela essa semana tem todo aquele depoimento no final né?
Cada dia é um... Acho chique.
Tem vezes que eu choro, tem vezes que eu rio, tem vezes que eu simplesmente fico embasbacada com as diversas histórias de vida e superação.
Enfim, dia desses era um moço, de nome Pauê, surfista que perdeu as pernas num trilho de trem e morador de Santos ou São Vicente, não me lembro bem.
Sei que o moço é famoso e se quiserem saber mais sobre ele é só dar um google.
Fato é que quando eu estava no 2º colegial, minha amiga tinha um affair com esse moço.
E ele é lindo. Já era naquela época.
E eu ficava sabendo das aventuras amorosas da Ju Preta com ele e torcia super pra dar certo.
Eis que um dia a Ju preta chega na escola chorando litros.
Litros.
E me chama no banheiro e me conta do fatídico acidente que havia feito o Pauê perder as pernas.
Eu fiquei arrasada, mas tentei consolar, e o diálogo que se seguiu a seguir beirou a tragicomédia.

- Brú, ele perdeu as pernas cara. Ele surfa. Como ele vai fazer? Meu Deus e todo um mar de lamentações pelo Pauê.

- Ju, eu sei que é foda, que ele deve estar mal e tudo, mas pensa o Roberto Carlos tbm perdeu sabe, num acidente parecido e ta aí, maior sucesso, ele vai sair dessa....

Nisso a Ju parou de chorar na hora. Sabe assim? Na hora?

E com a maior cara de tacho do mundo pergunta pra mim assustadíssima:

- Roberto Carlos, o jogador?

Gente, eu ria, juro, mas eu ria, porque né?
Como o Roberto Carlos o jogador jogaria aquela bola sem as pernas, e tipo, olha a coxa do cara, pelo amor de Deus!!!!

E olhando o Pauê na televisão eu fiquei feliz.
Porque eu estava certa.
Ele superou e é sucesso.
Eu nunca cheguei a conhecer o Pauê pessoalmente, mas fiquei feliz por ele e ria descontroladamente lembrando da Preta falando do jogador...

Então obrigada Manoel-Carlos-Não-tenho-Criatividade-Para-Nome-De–Protagonista, muito obrigada!!!!
Foi lindo esse testemunho.
E me deu saudades de um tempo bom que não volta nunca mais, enquanto eu ficava no banheiro fofocando com as minhas amigas....
É isso.
Aguardem cenas dos próximos capítulos, onde eu e o Edelcio estamos bolando a confecção cinzeiro super luxo portátil Tabajara.... E ainda vou ganhar dinheiro nessa onda “Salvem As baleias” .
Adoro....
Rá.
beijos

14 comentários:

Mica disse...

Ai, Bru, eu te admiro pra caralho porque eu não ficava de boa não... Não tenho saco!
E o que é mais engraçado é que os comentários contra sempre aparecem anônimos! A criatura não tem vergonha na cara nem para deixar o nome.
Não entendo mesmo de onde foi que esse povo tirou a idéia de que a lei é para dar o direito de maluco catequizar os outros.
Se não fuma, fica na sua! A gente já está pagando penitência e não precisa disso.
Qualquer dia vai ter manchete no jornal de que um fumante enlouqueceu com isso e saiu matando doido que falou com ele!
Fala sério!!!

Nati disse...

Olá, tudo bem?

meu nome é Natália Garcia, sou repórter do site Casa.com.br, da editora abril, e gostaria de trocar algumas idéias contigo sobre teu blog. Se você topar, me escreva para natalia.garcia@abril.com.br

um abraço!

Andréa disse...

Dei uma gargalhada agora que mais parecia um grito.
Assustei a Giovanna que tá aqui do lado.
kkkkkkkkkkkkkkk
Coitado do cara,mas ri muito.
Beijão.

Vânia disse...

Sou uma leitora nova e ao mesmo tempo apaixonada pelo seu blog....

ho um blog restrito, mas se vc quiser é so gritar no marques.vm@gmail.com que eu te passo a Senha.

Vc mora no litoral???? eu sou daqui e por conhecidência, malho na mesma academia do Pauê, ele é lindo sim, arranca suspiros ainda hoe, sentado no banco tirando as próteses para se jogar na piscina....
Não vi o dia em que ele apareceu (estava na academia). Mas eu ia adorar ver!

Beijos
Sucesso

Mamãe Flá disse...

gata... primeiro...saudades...apareça?
Depois... tenho que confessar, o parmera jogou muuuuuuito domingo...arrasou!
E depois..puta que pariu.. vc é minha amiga... mas arruma um cinzeiro tabajarense e para de jogar bituca no chão rsrsrsrs ( eu não perderia essa piada por nada né?!?!!) E depois... jura que vc assiste essa novela com Helena e Ipanema e gente linda rica magra e infeliz??? afeee... faz parte né?!?! mas eu sinto saudades do Raj... e do Bahuan... hare baguandí... saudades novo... hare hare

Mamãe Flá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carol disse...

pois é.. vc disse q não tá nem aí em sujar a rua, em jogar lixo no chão.. mas olha aí, vai fazer um cinzeiro portátil para não jogar mais sujeira no chão... hahahahahaha!!!
acho q alguem se envergonhou e não admite!
rá!

mas, parabéns pela atitude, pelo menos mostrou q vc apesar de egoísta tem o mínimo de consciência!

pat camargo disse...

Quando o cinzeiro for lançado guarda um pra mim, ok?
Bjs

Titi disse...

Gostei, pois vc está desenvolvendo sua criatividade e habilidade manual, desenvolvendo um "tabajara cinzereitor"...rsrsrsrsrs.
No mais, acho que vc tem o sangue frio,gata. Não tenho essa paciência não.
Bjcas.

Olly disse...

Carol querida, em algum momento eu disse que não estou nem aí para jogar lixo nas ruas? Leia bem, eu joguei a bituca na rua, que ok, é luixo tbm, mas do jeito que vc escreveu parece que eu jogo pacoptes de bolacha no chão... Eu só não sou hipócrita, porque 90% dos fumantes qdo fumam em seus carros jogam as bitucas pela janela, só que as pessoas escondem isso e eu falo, sacou a diferença? E outra coisa, em nenhum momento eu disse que estava certa, então não entendi o seu" tem alguém que está com vergonha e não quer assumir", eu sou humilde o suficiente para reconhecer meu erro... E só te escrevi a resposta porque vc se identificou, e eu gosto de gente assim. Volte sempre.
Bruna

Anônimo disse...

Olá Olly,
também gosto daqueles depoimentos no final da novela,e o do Pauê foi emocionante pelo modo como ele venceu a adversidade e conseguiu fazer de uma fatalidade uma vitoria e lição de vida pra muita gente que vive reclamando de barriga cheia! Tem gente que reclama de tudo, e de todos, são os "martires" da vida, odeio esses tipos. Pois se algo deu errado, vai lá,corre atrás! E é isto que pessoas como o Pauê mostram pra gente!
Quanto a polêmica da bituca no chão, eu não concordo com o negocio de lixo no chão e detesto cigarro,e nesse ponto sou bem caruda: jogou fumaça na minha cara, leva o troco com certeza!Quanto ao lixo no chão, cada um tem obrigação de fazer sua parte.
Mas, também acho perda de tempo ficar caindo em cima de quem fuma, pois o pulmão é teu, e cada um cuida do seu!Afinal somos adultos e vacinados!
Mas, voltando parte do post que eu gostei, além do Pauê, a parte das boas lembranças, eu as vezes tenho saudade também de coisinhas que foram legais e tempo de colégio traz muitas lembranças mesmo!! Ô TEMPO BOM!!RS!
Bjs!
Cris Gayer

BECA disse...

Estou conhecendo teu blog recentemente e estou adorando. Foi uma das minhas maigas blogueiras qu eme indicou, não digo qual, pq posso estar fazendo uma injustiça, pois sempre tocamos indicações de blogs interessantes. Hahaha, ri muito que tua amiga achou que Roberto Carlos, o jogador, tinha perdido a perna, kkkkk. Em que mundo ela vivia?? Hahaha. Também adorei o depoimento do cara no final da novela, superou e faz o que gosta ainda!

Carol disse...

Bruna querida, faça o seu cinzeiro, leve uma sacola no bolso para depois por seu lixo (assim como qd saímos passear com o cachorro para recollher suas sujeiras), sei la, dê um jeito de não repetir a merda de jogar bitucas fedorentas na rua que vc não precisará mais ser repreendida por estranhos e evitará que vc passe vergonha na frente dos outros!
Obrigada!

=]

Regina disse...

KKK. Ri muito com o comentário de sua amiga sobre o "Roberto Carlos".
Estou visitando o seu blog pela primeira vez e achei mt divertida a maneira como tu escreve.
Quanto as bitucas, acho que com essa nova lei, eles deveriam ter pensado em algo antes, pois não há lixeiras espalhadas pela cidade. Mas no Brasil é assim mesmo. Cinzeiro tabajarense é a solução, patentei essa ideía... kkk