Total de visualizações de página

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

As costas doem.
Muito.
A bolsa respira sob aparelhos.
A vida tá corrida.
Toda noite, marido e eu, lemos um artigo diferente sobre as ilhotas do Caribe, afim de escolhermos uma.
E cantamos aquela música antiga: Cuba, Colômbia, Peru, Equador, El Salvador, Panamá, Santo Domingos e Puerto Rico....
E a gente sonha. E planeja.
E assim, vamos nos aproximando do um ano de casados.
Que não foi fácil, facílimo.
Porque apesar de termos namorado, passado finais de semana inteiro juntos, viajado e tudo mais, achamos diferente morar junto.
E a gente se adaptou.
E brigou.
Lógico.
Mas nos amamos e acabamos fazendo as pazes, porque a vontade de ficar juntos é maior do que eventuais rusgas e alguns quebra paus.
E nós somos um casal comum. Com problemas comuns.
E nos acusamos de coisas, às vezes.
Mas passa.
E achamos que não ia dar certo.
Mas tem dado.
A gente briga, mas a gente se ama. E na maioria das vezes somos muito felizes!!!!
E acreditamos que sem Deus não é possível, mas que tendo Deus cada um, mesmo assim deve fazer a sua parte.
E nós sobrevivemos.
E temos certeza de que sobreviveremos até o fim. Porque é assim que deve ser. Foi pra isso que casamos.
E a gente se ama muito.
E agora, nossa, mais um ano. O primeiro de casados...
E foi tão bom...
Tão bom...
E filhos ainda não.
Sem saco pra ler nana nenê. O pior não é ler. É fazer dormir, pelo que tenho visto.
E deve ter suas compensações, e eu quero, mas não agora.
Preguiça, sabe?
Victor é tudo na minha vida. Tá, tuuuuuudo assim, não, porque já dirão as feministas de plantão ( e eu detesto feministas fanáticas) que eu tenho meu trabalho, eu sou trader, e eu faço ginástica e tenho meu carro. E eu voto, e blá blá blá wiskas sachê, mas ele é tudo.
Tudo porque minha vida, hoje, é muito mais feliz com ele...
E porque eu sou, completamente louca por ele...
E ele nem lê meu blog... Então, não é pra fazer média não..
É que ele é demais mesmo...
E quem o conhece pode afirmar...
E é isso.
A bolsa sobe um pouco, e eu continuo assim, louca por ele...

3 comentários:

Aline - BA disse...

Oi Olly, fiquei feliz com o seu comentário no meu humilde espaço. Menina vc escreve bem demais viu? adoro!!! To me preparando pra casar e sei q n é um mar de rosas, mas com amor, tudo se ajeita né?

Renata R. disse...

Que lindo, Bruninha.

Confesso que tenho um pouco de medo de casamento. Porque eu às vezes sou chata. Bem chata. Do tipo que nem eu me agüento. rs

helen disse...

Ah, que linduuuu!
Que muitos outros anos ceios de sonhos venham, gatham :)

E morar junto é difícil mesmo. Mas o que éfácil, né?

bjuuu!!!