Total de visualizações de página

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Sobre viagem, Mãe Valéria de Oxóssi e esperança.

Como todos sabem, e isso já é quase uma tradição, digamos assim, sempre começo falando das coisas tristes, e todo aquele lance da borboleta e blá blá blá wiskas sachê.
Muito bem.
Na quarta feira eu fui ao curso de História da Arte e como sou astuta e precavida, eu já tinha feito minha mala para a viagem que seria na quinta feira de manhã.
Estou eu deitada, lépida e faceira pronta para dormir, quando meu whatssap faz seu barulhinho irritante e qual não foi minha surpresa quando vi piscando o nome de gatinho.
Sei que ele estava meio bêbado, e lembrou de mim porque estava no Astor. E eu sei, todo mundo que vai ao Astor meio que lembra de mim, assim como todas as pessoas que ouvem notícias sobre Niemeyer, porque é bem isso, sou meio obcecada pelo nosso arquiteto ancião.
Acho muito que ele está vivo porque como sabemos ele é um espião, uma pessoa imortal, que só irá embora da terra quando Jesus voltar para o juízo final.
Aliás, pensando em juízo final, acho muito que o meu vai ser bem rápido, não porque sou pouco pecadora, mas porque tem tanta gente fdp no mundo, tornando o mundo um lugar pior para se viver, que aposto que vou ser rápida.
tamanha a quantidade de gente escrota e sórdida no mundo.
Mas enfim...
O fato é que gatinho meio trilili, e eu travamos um diálogo via whatssap esse instrumento de Satanás, e entre " sinto sua falta" e " gosto de vc", nada se resolveu.
E cheguei a conclusão que não. Ele gosta de mim bêbado, assumiu minha falta bêbado, mas quando sóbrio continua com seu discurso de " decidi que não quero me envolver".
Como se o coração da gente obedecesse a voz da razão.
E eu bem que gostaria de ter o coração dele e o cérebro dele, uma vez que possuo um coração que também " não queria se envolver com ele" mas é tão estúpido e molenga que não me obedeceu.
Assim como meu cérebro, que deve ter um defeito do tipo mortal, que " mesmo sabendo que não poderia se envolver" se envolveu, se apaioxonou, passou a amar essa pessoa, e sofre como um idiota.
Mas idiota sabemos que sou mesmo.
Então, fiquei contente dele ter falado, mas já no dia seguinte, uma parte muito sã minha, que atende pelo nome de Daniela Grosso, minha atriz, me abriu os olhos e me fez ver que não.
Não ele não quer voltar.
Não ele não gosta porque se gostasse estaria comigo mandando a porra da decisão sórdida pra casa do caralho.
Não, ele não sente falta, quem sente não consegue ter a frieza de um robô e se manter " fiel" às suas decisões, sejam elas quais forem.
Não, ele não quer, e não é pára eu ter uma esperança idiota, porque ele estava bêbado e isso é uma piada.
Se o amor é um sonho, atriz é um despertador.
Resultado?
Chorei. Chorei. e Chorei.
Mas quer saber?
isso também não é uma grande novidade, porque como vocês sabem e eu não escondo isso, porque " orgulho" não é uma palavra que eu uso muito, e além do mais acho muito que " orgulho" é meio cancerígeno, eu choro todos os dias.
Todo mundo aí falando " vai passar" e tá passando é um caralho.
Tô passando é mal. Continuo sentindo a porra da falta dele, de tudo como disse no post anterior, saudades dele. Do árabe. Dele. Tá eu sei, vocês sabem!!!
Tô passando é lenço de papel no rímel que a bosta da Lâncome disse que era a prova d´água.
Tô passando é por dias ruíns, de saudades, tristeza, falta de compreensão, enfim, tô passando por dias sórdidos, isso sim.
Mas sei que o despertador Dani, me fez embarcar para a bahia com muita tristeza.
tristeza por não perceber o quanto sou cretina.
Mas enfim.
Cheguei na Bahia, achando muito que o mar precisaria me tirar essa zica de Lúcifer.
pensei inclusive em me consultar com Mãe Valéria de Oxóssi.
Porque me disseram que a tal Mãe Valéria de Oxóssi, ou o equivalente baiano dela, me tiraria a angústia que sinto, a tristeza quando acordo e penso: Faz X dias que não nos vemos. Hoje não vai ter mensagens, não vai ter carinho, não vai ter o sorriso dele, não tem ele.
Todos os dias eu penso isso.
E no geral é quando acordo.
Porque eu vou dormir me sentindo muito triste, e quando eu acordo, é a primeira coisa que eu me lembro!!!
Muito difícil.
Tem sido muito, muito muito difícil.
E vocês devem me achar malçuca, mas gente, juro, meu coração dói.
Eu me apeguei naquele infeliz.
Mas voltando, como sou católica, achei que seria muito errado eu ir até a mãe Valéria de Oxóssi...
E me abstive.
Sei que para chegar em Itaparica, é tipo uma via crucis.
é um tal de entrar na van, esperar o ferry boat, cruzar a parada... enfim, é tipo ir para as ilhas Fuji!!!
Longe uma vida toda e mais cem anos, mas quando chega lá vale tanto a pena, porque é tipo lindo.
O Med Itaparica é muito lindo, e me colocaram num chalé na casa do caralho, mas perto da minha irmã e do meu cunhado.
Piu só chegaria na sexta feira.
Sei que jantamos, bebemos drinks randômicos e infinitos e falamos bobagens.
Fizeram dias lindos de sol!!! Dias maravilhosos de sol.
O Piu chegou na sexta feira e quando ele chegou me senti muito bem, porque somos muito muito muito amigos e temos um senso de humor muito parecido e já na sexta tomamos todos os drinks possíveis na piscina. A noite tomamos todos os drinks do cardápio e íamos dormir bêbados e rindo. Mas engraçado que eu acordava pela manhã e quando ia fumar meu cigarrinho, eu ficava olhando os bagres do lago trajando pijamas, porque eu sou assim, uso pijamas, e pensava: Mas que azar filho da puta eu ter aberto meu coração para uma pessoa que não soube valorizar e nem quer enxergar o que isso significa, simplesmente porque tomou uma decisão e não gosta de mim...
E chorava.
E depois eu me embebedava na piscina e daí eu só ia sentir trsiteza a noite, antes de dormir, embora o dia todo eu olhasse o whatssap com a esperança dele ter me mandado algo.
Mas não.
A esperança, é um urubu pintado de verde.
Enfim, fiz aula de vela, e o homem que me deu aula disse que eu arraso muito no veleiro.
Piu tambpem arrasa.
Parecia o Robert Scheidt! Ou o Lars Grael, com pernas.
Foi muito fabuloso fazer aula de vela.
A de circo eu passei, porque não consegui subir na escada de 8 metros que levava até o trapézio, mas Piu fez.
Do mais, cantamos na piscina, fizemos dancinhas pouco ortodoxas de bikini, bebemos o que podíamos e o que não podíamos e comemos como pessoas no corredor da morte.
Depois comecei a refletir que não pdoeria engordar e então só comia salada e bebia horrores.
Mas comia pudins e todos os outros doces de satanás que vão parar imediatamente na minha coxa.
Durante uma aula de dança, eu abri um espacate e deixei as pessoas embasbacadas, porque eu sou muito boa bailarina.
Foi um sucesso.
Entrei no mar e pedi para Iemanjá levar essa minha tristeza.
Mas como cheguei em São Paulo e ainda estou triste, receio que o mar não tenha me ouvido.
Do mais, o feriado foi auspicioso, pude tomar sol, dar umas risadas e me divertir.
Voltando a São Paulo, estou nos preparativos pra a festa " De Repente 30" que será no sábado.
Ainda triste, ainda sentindo uma falta gigante dele, e talvez semana que vem a gente se encontre porque eu preciso falar umas coisas pessoalmente, e acho que eu preciso disso.
Não sei porque, mas acho que preciso.
Enfim..
Vou colocar o link da propaganda. Achei muito bonita, vocês não acharam?
Fiquei empolgada. Meu pai disse que sou uma atriz.
Ahhh vá?
Então é isso meus amores.
Inferno astral acabando, graças a Deus, e esperando passar essa dor insuportável.
é isso.
Comentem, me deem parabéns na sexta feira e fiquem com Deus.
Beijos
http://www.youtube.com/tam">



10 comentários:

Mariana disse...

Brunaaaa, eu ADOREI a propagandaaaa!!!
Que divaaaaa!!!
=DDDD

Essa semana vi uma frase e me lembrei de você:
“Tudo passa.
Chuva passa.
Tempestade passa.
Até furacão passa.
Difícil é saber o que sobra.”
— Millôr Fernandes.

Estou no mesmo barco, testando rímel, mas vamo que vamo!

Um beijo!

Rebeca Donida disse...

GENIAL COMO SEMPRE. PROPAGANDA DA TAM FENOMENAL, TUDO HILÁRIO.

Andréa disse...

A dor é dos infernos mesmo.Eu dei uma de retardada e visitei a página da ariranha no Face.Eles passaram o feriado no Uruguai,no Conrad,e ela ganhou dele uma bolsa Victor Hugo.
Ela fala o tempo todo MEU MARIDO,MEU AMORE ,caralhos,a gente nem assinou o divórcio ainda.
Chorei feito gente grande,parecia que meu coração estava sendo esmagado,horrível,portanto sei exatamente o que vc sente.
Mas a única saída é seguir,não tem outra.
E a foda disso tudo é o fato da gente ter essa personalidade forte e marcante,parece que o mundo espera que a gente supere tudo e vire a mesa,poucos entendem o tamanho da dor.
Enfim,seguir,acreditar,tentar e na hora que doer,se esconder e chorar mesmo,foda-se,vamos chorar até desiidratar.
Beijos amiga.
E um abraço muito apertado.
I love You.

Dani Jaime disse...

Mulher de fibra, é assim que te descreveram no link da propaganda e é assim que tu és Bruna! Bola pra frente...bjo, sua linda!!!

Eula disse...

OI Bruna! Adorei o comercial! Vozeirão vc tem! Não imaginava! Já se aventurou no mundo das cantoras?? Acho que ia dar certo! Uma atriz cantora ou uma cantora atriz! Pensa nisso. bj

Snow White disse...

ficou liiiiiiiiiinda!! adorei sua voz!!

cadê os vídeos que vc ia começar a colocar???

bjks

Titi disse...

Que voz é essa!!!!
Amei!!!
Acho que vc devia investir nessa carreira.kkkkkkkkk
Bjs.
Tudo passa........

Vanessa disse...

A propaganda ficou um espetáculo, Bru!!! Linda!!!
E como escreveram na descrição, "Bruna é uma mulher de mta fibra". Então vc chega lá lindona...questão de tempo.
Bjão

Blog da Terry disse...

BRu...sem querer ser chata e ja sendo....vc nao tinha parado de fumar??
Bjoss

Sabrina disse...

Vc abre espacate! Nao acreditooo!
O comercial ficou lindo, vc êh linda e fala muito bem! Parabéns.