Total de visualizações de página

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Sobre dores, Rio de Janeiro e pensamentos soltos...

Bom, dai que assim, na quarta feira, gatinho mandou um whatssap, ou seja, uma mensagem dessas tipo torpedo online saca?
Porque eh assim, como bem definiu atriz, hoje em dia, graças a tecnologia podemos tomar um pé na bunda das maneiras mais diversas.

Antes o cara tinha que ligar na sua casa, hoje em dia não. Hoje em dia, ele pode alterar o status no facebook, ou mandar torpedo, ou mandar bbm, ou mandar email, ou mandar whatssap, ou mandar o caralho que for pra dizer que não, que ele está confuso, que você é uma mulher super legal, que ele precisa de um tempo, enfim, tudo começa com aquela frase por whatssap de: Precisamos conversar.

E você já toma um calmante mental né?
Porque precisamos conversar nunca é bom. Se fosse bom seria: Vamos jantar?
Vamos nos ver?
Ou seja lá a merda que for.
Sei que recebi mensagem pouco auspiciosa e já fiquei mal, fiquei mal porque na boa?
Não sou cretina, não sou burra, tenho polegares opositores e já ouvi 550 vezes a fatídica frase: Vamos conversar!
E então munida de toda a tristeza do mundo, Brasil, e região, fui pra casa da atriz, porque foi assim né?

Gatinho mandou a " bomba" mas não respondeu mais durante sei lá quantas horas.
e eu sou mulher né?
Porra. E a ansiedade?
Aquele sentimento de " nao queria mas vamos acabar logo com isso".
Daí atriz me acolheu, e embora atriz seja muito diferente de mim nisso, eu sabia que ela ia começar todo o discurso de " melhor só ter sexo, namorar não é bom, se envolver não é bom...", eu precisava de colo e avisei no caminho.
Avisei que eu estava indo pra lá pra ter colo, pra ganhar cafuné, pra poder chorar sem ela me chamar de idiota por ter me deixado envolver.

Então, eu fui, subi e chorei.
Chorei muito.
E atriz sempre muito prática, mas me acolheu, eu sabia que ela acolheria.
Sei que ela me deu um papel sulfite e uma caneta e mandou eu escrever o que eu achava que ele falaria.
Porque isso tava muito confuso na minha cabeça, sabe?
Tipo, não tínhamos conversado na sexta?
O que mais haveria pra conversar que não foi dito na sexta, pessoalmente?
E então eu escrevi no papel sulfite tudo que eu achava que ele me diria.
E escrevi em bullets, sabe?
Como se fosse uma reunião, pontos principais.
E então eu escrevi tipo assim:

# estou confuso.
# ( nome da ex mulher)
# preciso me encontrar.
# vc quer algo que não posso dar agora.

Enfim, fui escrevendo assim, e quando chegamos do japonês, porque eu fui comer comida japonesa com ela, enquanto deveria estar vendo a aula de Império Bizantino, porque eu não parava de chorar e não ia rolar ficar chorando e atrapalhando a aula de Império Bizantino sabe?
Porque eu não atrapalho a aula das pessoas, e eu choro muito feio, choro fazendo barulho de dor, como que para expulsar a dor que eu tô sentindo...
Bom, mas quando enfim falei com ele, pelo maldito whatssap´, e Deus sabe o quanto eu odeio o whatssap, porque eu não acho certo terminar nada pelo whatssap, eu poderia ter gritado BINGO, porque ele foi falando e eu fui marcando um X em tudo que eu tinha escrito, porque como eu disse, eu sou inteligente e homens são muito previsíveis.
Então foi quase como eu mesma ter me dado um pé na bunda.
Até guardei o sulfite, porque na boa, chegou a ser engraçado.
O fato é que ele está confuso, ele precisa finalizar ( ou não) um processo de separação, e que fique claro, eu o conheci separado, então, não tenho picas a ver com isso, ele precisa se encontrar, quer um tempo ( isso é muito questionável né? porque tempo de que afinal? nós nos " separamos", não é um tempo certo?), enfim, eu sou muito legal, e sei lá mais o que.
Então resumidamente: Tomei um pé na bunda, certo produção?
Foi assim que eu entendi.
E é isso Brasil.
gatinho ainda comentou que eu ia detonar ele no blog, e que eu poderia escrever que ele afinou, porque era isso que tava acontecendo.
lembro dele ter mencionado que eu era uma mulher intensa, e que por ele ser tbm, chegava uma hora em que ou se assumiam as coisas ou se dava um tempo.
Ok, já sabemos qual foi a opção.
O fato é que não, não vou detoná-lo no blog, porque embora haja questionamentos da minha parte, que talvez nunca tenham resposta, como por exemplo, o que caralhos que mudou de sexta pra quarta?
Eu não vou detoná-lo.
não vou porque acho que as pessoas tem direito de não gostarem das outras, de não quererm compromisso, de não quererem se envolver.
Embora não gostar seja meio contraditório nesse caso, porque ou eu sou muito maluca ou eu tinha certezacde que era recíproco.
Mas pelo visto eu sou muito maluca.
Para resumir a ópera, não existe mais um gatinho em minha vida, e como eu sou maluca, mas tenho sentimentos, eu tô mal sim.
E o que se há de fazer?
Não posso fazer da existência dele um inferno porque ele me deu um pé na bunda.
Ele disse que pé na bunda era meio contraditório, porque não tínhamos compromisso, mas então tempo tbm é contraditório, certo?
Não sei, como eu disse, sinto que não posso andar na rua sozinha porque meus "julgamentos", meu poder de discernir é meio falho né?
Eu gosto das pessoas, acho que elas gostam de mim, porque acho que elas demonstram, mas não é nada disso.
Enfim, não tô bem não, porque eu sentia de verdade, era de verdade, não invento sentimentos, não conquisto pessoas por aí, só chamo de amor, amigo e filho da puta se a pessoa realmente for sabe?
Não acho gatinho um fdp.
Então, estou aqui, tentando recolher os caquinhos do meu coração, que a essa altura do campeonato é um mosaico, ou talvez um quebra cabeça, porque partiu bem pequenininho e estou procurando os cantinhos, porque é mais fácil começar a reconstrução pelos cantinhos...
Sinto uma falta absurda dele, e taí outra coisa que me choca um pouco, porque só eu me envolvi em 4 meses?
Tipo não sente falta?
Não entendo...
Mas meu pai disse que não tem como eu tentar entender o mundo.
E cabe a mim respeitar a decisão dele, de se afastar de mim, e torcer para que ele seja feliz.
Porque é isso que eu faço quando gosto de alguém.
Eu torço para que a pessoa seja feliz e encontre alguém que lhe supra o que tiver faltando.
Então é isso. Toda uma tristeza né? Porque né?
A pessoa nunca acredita que vc gosta dela de verdade.
Me comove a minha credibilidade!
Fui pro Rio na sexta, e eu fiz amizade com um cara que estava na poltrona do meu lado, uma graça de menino, mas nem me animei!
Toda uma paquera, o mocinho super me paquerando, e eu com aqueles olhos de cachorro triste. Ele quis meu telefone, eu dei. Dai ele perguntou: Vc tem whatssap?
E eu: Não!!! odeio whatssap!!!
E muito triste eu tô gente. Eu sei. Que sacoooo.
Porque da última vez que eu estava no Rio, tinha a companhia de gatinho pelo mesmo maldito whatssap, e ele estava em férias, e tava tão bom naquela época nosso mini rolo sabe?
Mas olha só que caralho que tá a minha vida.
Enfim, cheguei, comi pizza na Vezpa, a atriz tava num rega bofe na casa de uns amigos em Copa, jantei e Bangu ligou.
Capitulei.
Não saí com Bangu.
Contrariando tudo e todos fui dormir.
Dormir.
Acordei no sábado, tomei café da manhã e fui pra praia encontrar a atriz. E ficamos lá tomando cerveja, meu amigo Thiago passou de carro pra me dar um beijo, não sem antes me xingar dizendo que teve que descobrir pelo face que eu tava lá.
Porra, eu tomo pés na bunda pelo whatssap, vc não pode descobrir pelo face que eu tô no Rio?
Só tô me adaptando a tecnologia.
mas ele foi um fofo, foi até lá me ver, me encheu de elogios, e blá blá blá, disse que podia ser pior. Eu poderia ser um bagulho!
hahahaha
Nossa! que bom né?
Daí Bangu que é brasileiro e não desiste nunca me ligou quando eu tava no hotel já tomando banho pra tentar sair pra comer, Dani tinha se engraçado com um salva vidas uma coisa meio Baywatch, meio Miami sabe?
E eu fui pro hotel e Bangu brasileiro e pândego que é me ligou.
Sei que eu de novo não tava afim, tava jururu, Dani já tinha me dado esporro na praia dizendo pra eu parar de falar no árabe, que o árabe não queria e que eu devia parar de mimimi.
Bom, daí sei que Bangu me convenceu, que ia ser mto legal onde ele me ia levar, que não ia forçar nada, que tava com saudade e blá blá blá, e eu fui.
Ele veio me buscar no hotel, e quis conversar, e mostrar a Joatinga, e me levar no Oswaldo, que é o mestre das batidas de lá, e disse que depois do jantar me devolveria no hotel.
E assim ele fez.
Contei todo meu drama pra Bangu, porque agora eu e Bangu somos amigos. Passou sabe?
Depois de seis meses, depois da maneira como ele reagiu a carta, depois desse tempo todo é muito fácil querer que as coisas sejam imutáveis.
E expliquei pra ele, bem didaticamente que eu não funciono assim.
Não é uma questão de querer desesperadamente um relacionamento, porque veja só, se fosse, eu poderia ter um relacionamento qualquer.
Mas eu, quando começo a gostar de alguém, eu gosto e não serão outros relacionamentos que me farão esquecer assim, porque eu preciso esquecer primeiro.
Sei lá.
Não sei se ele entendeu.
Porque me acusou de ter o dedo podre.
Nossa!!! Que astuto!!!
Sei que conversamos sobre amenidades, ele de fato meu levou pra tomar batidas randômicas e infinitas, e depois de rirmos muito, porque bangu é muito engraçado, nós jantamos num italiano e depois ele me deixou no hotel.
E eu dormi as 22 hs.
E eu choro muito ainda.
Choro muito, porque dói, e quando eu tenho dor eu choro.
De manhã no domingo, tomando café descobri que a Hebe morreu.
No café da manhã tava passando na tv um caminhão dos bombeiros com a bandeira do Brasil sobre um caixão, e eu pensei: Quem será que morreu?
E a garçonete explicou que tinha sido a Hebe.
E como já tava com vontade de chorar, chorei bastante pela Hebe, pelo meu árabe que decidiu sumir da minha vida, e a moça ficou me olhando como se eu fosse louca, ou uma grande fã da Hebe, não sei bem.
Eu gostava muito da Hebe.
E achei bom que eu pudesse ter um álibe pra chorar o que eu já queria chorar.
E fiquei comendo pão com salame e requeijão, e chorando.
Chorando tipo muito.
E as pessoas me olhavam com uma cara de muita pena.
E eu sacudia a cabeça e falava entre soluços: Coitada da Hebe! Coitada da Hebe.
Mas eu estava na verdade com muita pena de mim.
Daí veio uma moça e disse:

---- A Hebe não ia gostar de te ver assim...

E eu chorei mais.
Porque a Hebe não ia gostar de me ver assim, mas não era só a Hebe sabe?
Eu sei. Vocês sabem.
Bom, sei que fui pra praia, encontrei a atriz que tinha perdido seu curso por causa do moço do Baywatch, e ficamos na praia.
Depois BG, com tata malandro e Alessandro.
E ainda Bangu mandou mensagem dizendo que tinha adorado o sábado comigo.
Sei que fui embora do Rio mal, aos prantos, porque eu só faço chorar.
E eu sei que pode parecer muito idiota, talvez atéseja de fato muito idiota, como eu pude me entregar assim, mais uma vez sabe?
E fico pensando, eu que sou uma pessoa de muita fé e tal, que tipo de brincadeira é essa né?
Deus coloca um ser na minha vida, eu me apego, me abro, tiro a máscara, passo a amar essa pessoa, e bom, grande novidade, essa pessoa some da minha vida.
Então pedi pra Deus não colocar mais ngm na minha vida, porque eu não quero!!!
E eu não quero conhecer mais ngm, me abrir, me entregar, e depois me fuder.
Simples assim.
Não quero.Grata. Sem mais.
Eu sei.
Eu sei que vocês querem me ver feliz e tal, que eu sou alegre e tal, mas eu sou gente, tô sofrendo mais uma vez tudo de novo, como se eu fosse algum tipo de estúpida que não aprendeu que não se deve entregar seu coração pra ninguém e é isso.
Sinto falta e poderia passar o dia elencando os motivos pelos quais me entreguei e as coisas que me fazem falta.
Eu sei que fazia tempo que não era verdadeiro assim.
Eu sei que fazia tempo que alguém não mexia assim com meu coração.
E eu sei que eu queria ele de volta.
É isso.Não xinguem ele nos comentários, porque eu não estou fazendo isso.
Se eu tivesse raiva seria mais fácil.
Mas é só dor e saudade.
É isso. enfiei o orgulho no cu e queria ele de volta.
Sem mais.
Grata.














18 comentários:

Caro Giacomet disse...

Muito maduro o jeito de encarar, afinal, não querer namorar, não faz dele uma pessoa ruim! Não tem o que dizer a não ser: Passa, tudo passa! ♥♥♥ Bjsss

Ah, juízo quando sai com o Bangu, ok?

Carlinha disse...

Bru, não fica assim querida! Eu sei o q vc esta sentindo eu já passei por isso inumeras vezes. è doído, a gente chora, se despera, mas passa. Tire desse relacionamento que não deu certo uma lição. Eu apanhei muito, mas muito mesmo. A gente fica mas dura com o tempo. Ele não merece uma lágrima sua. O seu sentimento talvez o q poderia ter rolado no futuro e isso faz com q vc sofra mais. Pare já de sofrer. Pense em vc. Vc merece e há de surgir uma pessoa de verdade e que te faça feliz como vc merece. bjs.

Juliana Villagio disse...

Bru...Me sinto intima já...Não te conheço pessoalmente mas tenho um carinho absurdo por vc...Estou te acompanhado todos os dias...Queria poder te abraçar...mexer no seu cabelo e dizer que vai passar... doí... doí...porém é uma desintoxicação, e sempre é violenta...estamos viciados naquilo...Mas sua dose de morfina virá...Veio com o Vitor, veio com o bangu, e vc é uma fênix...é sempre ressurgi linda e cheia de "estórias" pandegas para nos alegrar...Bjus e força Bru....

Simone Camargo disse...

Ahhh tuquinha. Que coincidência do mau! - com U mesmo, porque é maU do verbo "que bruxaria é essa?". Estou passando por uma situação semelhante. Eu adotei a política dos 4 F´s: Foco, Fé, Força e Foda-se. Bora superar isso e canalizar nossas energias em coisas boas? Bj

Eduardo - TR3S MEIOS disse...

Me dói ver você assim... Sempre me dói. É difícil ver você sofrendo. Naqueles almoços que eu via você chorando eu tentava desesperadamente achar uma maneira de te por pra cima, que é o seu lugar!! Kbeça, eu sei que não é fácil, eu sei que tomo mundo fica repetindo que vai passar, mas o tempo cura as feridas, o tempo se encarrega de trazer o alívio. Em breve eu terei de volta esse seu sorriso, essa sua risada espontânea ao meu lado de novo. E a gente vai rir dessa estória, com infinitos e randômicos chopps... Te amo Kbeça.

Keyla disse...

E sabe que fiquei triste lendo esse post. Mas ó vai passar e as coisas vão ser como devem ser...Tente acalmar o coração e seguir. Beijo

Andréa disse...

Ai querida,eu sei exatamente de que dor vc está falando.
Eu tenho lutado bravamente contra essa dor,contra o meu sério problema com os tranqüilizantes,tentando me refazer dos traumas das internações forçadas e ainda aguentar esse solavanco que é tomar um pé bem no meio do rabo depois de 22 anos de casamento.
Tenho 42 anos,ele me deixou por uma menina de 25.
Um dia desses tomei uma garrafinha de Merlot e fiquei doida,liguei no celular dele,pq precisava ouvir a voz daquele filho da puta porco traídor,mas foi ela que atendeu e mandou eu me foder.
No outro dia chegou um email,escrito por ela com certeza,pq ele não verbaliza daquela maneira,pedindo que eu só entrasse em contato por email e não ligasse mais.
Chorei muito,me senti um lixo,foi foda demais.
Ultimamente tenho tentado mudar a sintonia dos sentimentos e feito o maior esforço para ser feliz,mas ontem tocou uma música no rádio e eu chorei.
Um choro breve,sem barulho,apenas permiti que as lágrimas caíssem,então ainda sofro.
E já faz um ano e três meses que ele se foi,a dor existe,não tem jeito.
Mas não desista,ninguém é totalmente feliz sem beijo na boca e abraço apertado,eu que o diga.
Essa dor vai passar um dia e aí vai aparecer alguém que te mereça e tudo vai dar certo.
Vc é jovem,linda,inteligente,chique,vc vai ver,logo vai aparecer um cara bem legal,eu tenho certeza.
E enquanto isso não acontece,vamos pra Vila Madalena,eu quero me acabar por lá,porque agora eu sou sozinha nesse mundo e posso tudo.
E parabéns pra nós,duas mulas sensíveis,com o coração que só trás sentimentos verdadeiros.
Uma salva de palmas pra nós amiga!
Mas eu juro,na próxima encarnação eu venho puta,Ah se venho.
Um beijo do tamanho do mundo pra vc.
Te amo.


PS:nossa falei pra car................

Su Noschang disse...

Amora olhe por outro ângulo. Qudm sabe Deus não colocou o árabe sangue quente no seu caminho pra te confortar do rolo com Bangu? Quem sabe O CARA não seja o árabe e sim Bangu? E que na verdade essas coincidências nada mais são que o seu futuro feliz batendo na sua porta? Desculpa falar isso, só tou levantando hipóteses que vc talvez ainda não tenha pensado. Eu sei tb que não é um bom período mas tente pensar nisso e veja se não tem uma razão pra tudo isso estar acontecendo. Bjus. Espero que fique bem logo.

closet da fla disse...

Poxa Bruna muito ruim saber que vc tá assim triste, e mal. Não combina com vc, não mesmo, lembra quando vc diz que nem tem roupa prá ser triste? então querida, não fique assim, vc é gente boa demais ´prá sofre assim. Vc vai encontrar uma pessoa bacana demais que mereça toda sua entrega, seu comprometimento com o amor! Tem fé que td vai passar mais uma vez. Torço muito por ti viu, de verdade, de coração. Fica bem
Bjs

Eula disse...

Bruna! Até nas coisas tristes você põe uma pontinha de humor! Ri muito lendo que vc chorava e falava: coitadinha da Hebe! Meu Deus! Isso é hilário mesmo! Bola pra frente que vc é forte, guerreira e linda! Um amor se vai e outro vem. Dói mas passa! Fica bem. Um beijo

..Mônica.. disse...

ai Bru, triste te ver assim, ainda mais sendo tão alegre sempre, mas todo tem seus dias ruins, mas enfim, fique bem, pqe vai passar, e o que acontecer será o melhor pra vce!

disse...

Até fiquei triste lendo esse post, mas confesso que ri muito na parte da Hebe, seu humor hilário me lembra muito a minha irmã!
Eu passei 2004 inteirinho num casinho com o Danilo (talvez vc se lembre), nunca assumimos um namoro, mas rolava um super amor, e então um dia, do nada, ele não me quis mais, e eu me senti igualzinha a você, tentando entender o que tinha acontecido, entender como ele podia acabar com um lance tão legal, como podia escolher não se envolver mais! Lembro que eu tbem queria sentir ódio dele e não conseguia! Enfim, homens! Difícil explicar! Só me resta te dizer que o tempo passa rapidinho e eu prometo que jajá ele será só uma lembrança boa!!

Unknown disse...

Poxa Bru que chato e triste tudo isso.
Tô tipo você chorando, chorando, triste, triste... todo mundo fala "vai passar, nao vale a pena ficar assim... bla bla bla" Mas posso falar? Quer chorar?! Chora mesmo, pq só a gente sabe a dor que a gente sente.
Espero que logo em breve vc volte a ficar feliz, pq a sua alegria contagia!
Um grande beijo,
Duda

Ps.:Não teve como não rir da história de vc chorando e falando da Hebe!

Déia disse...

Olha, a única coisa que posso te dizer é que passa, e se vc se ajudar, não demora... já namorei muito tempo e um dia peguei ele me traindo (com uma de capacete rosa kkkkk) e o chão sumiu, sofri e chorei alto, pq choro de fazer barulho tb, quem tá do lado assusta, mas passou rápido, pq sou prática, me amo e sempre soube que o homem que vale a pena pra mim é o que me ama, me coloca pra cima e quer estar comigo por inteiro. Se me conheceu, ficou, e fica me levando em banho maria já sei que pra mim não serve pq não acredito que nós mulheres conseguimos ficar só por sexo e não nos envolver.Eu me envolvo. Tá, deve ter algumas que conseguem não se envolver, mas eu não conheço nenhuma. Vc vai superar e um dia vai se apaixonar de novo, por alguém que valha a pena!!
Ah, no meu caso eu jurava que ia demorar muuuuuito tempo pra me apaixonar de novo,queria ficar solteira, aproveitar, ninguém no mundo servia, pensava nos mais lindos, nos melhores e não me animava com nenhum, e no fim me ferrei pq em menos de um mês acabei ficando com um amigo da mesma turma, e ele ficava muito atrás, eu não queria, ele insistia, insistia dizia que ia casar comigo, eu gargalhava pq eu pensava "coitado, mal sabe que nem beijá-lo eu vou mais" e no fim, tô aqui escrevendo pra vc enquanto nosso bebê dorme gostoso lá no bercinho...no fim, casei e tô mais feliz do que jamais imaginei que seria!
Tenho certeza que com sua alegria, seu sorriso, sua simpatia, beleza pretendentes não vào faltar, aliás tô sentindo um clima com Bangu hein... bjo

Unknown disse...

Poxa Bru!
a melhor coisa nessa hora é um colo, mesmo que de uma amiga!
e tenho certeza que vc tem otimos colos!!!
fica bem!
bjos

Snow White disse...

Uma dúvida colega?? e a quantas anda sua campanha para parar de fumar?

Núbia disse...

Ah que foooooda. Tu num relacionamento assim gata....Num sei onde vai dar..e to gostando pra kralho. Mas vida que segue e vamos beber...pq comer engorda nessa porra.
Gata, melhoras e nao fica assim..Adoro vc. Calma que tudo vem na hora certa...a vida é assim, uma caixinha de surpresas. E que surpresa..pqp.
Bjus
Núbia RJ

Sabrina disse...

Vc êh uma linda! Impressionante sua facilidade em fazer amizades, ate no avião!! Vc merece tudo de muuito bom nessa vida. Chegara aos 30 com tudo!!!