Total de visualizações de página

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Amanda.


Vivem me falando, escreva um post sobre Amanda!!!
Escreva. queremos conhecer Amanda!
E gente, o que eu posso dizer de Amanda?
Além das barbaridades que ela fala, das confusões que apronta, como o dia do Pinguim no Guarujá, Amanda é minha mãe.
E o que dizer da nossa mãe né?
Sei que tem gente que não tem uma relação bacana com a mãe.
Pelas mais diversas razões, pelos mais diversos motivos, e mesmo eu,  eu nem sempre tenho uma super relação com Amanda.
Às vezes a gente discute.
E briga.
E depois passa.
Amanda é mãe. E como mãe tem aquele dom de acertar quase sempre.
 Amanda acerta quase sempre nas suas previsões. Amanda é palpiteira. Amanda nem sempre fala o que eu quero ouvir.
Mas daí que uma das minhas histórias preferidas de Amanda aconteceu em Iporanga,no verão.
Iporanga é uma praia privativa no Guarujá e bom, sei que estávamos em família lá, e eu estava sentada na praia, lendo uma revista e ouvindo a conversa entre Amanda e a prima dela.

E daí o que se seguiu foi assim:

---- Olha Marilene, pinguins!!!!

---- Será, Amanda? Pinguins, no Guarujá?

----- Eles migram né Marilene!!!

---- Mas os pinguins tem a barriga branca!!!

---- Sim, Marilene, mas eles estão de costas!!!

Nesse momento, foi que eu caí na realidade de que elas estavam falando que existiam pinguins ali.
Porque até então eu bem tava achando que por estar distraída, perdi o runmo do assunto sabe?

Aí Amanda exije que eu vá até as rochas me certificar de que eram pinguins, apesar do calor de 30 graus...
Eu no princípio neguei veementemente, porque né? Mesmo eu, do alto dos meus 15 anos, sabia que não, definitivamente não eram pinguins.
Mas sou filha né?
E Amanda é mãe, então eu fui.
E obviamente eram urubus!!!
Sei que essa história rende boas risadas até hoje lá em casa!!!
As presepadas de Amanda! E se vc chegar em casa, vai passar um tempo e eu e minha irmã te contaremos todas as histórias de Amanda!!!
Porque é sempre assim.
Amanda vira motivo de chacota porque Amanda tá longe de ser burra, mas Amanda é muito, muito distraída.

Bom, mas sendo Amanda assim ou não, Amanda tem qualidades muito ricas!
Amanda sempre foi boa mãe!
A única coisa que tirava Amanda do sério eram os estudos.
E eu não dei um super trabalho, apesar de ter feito jilos e mais kilos de aulas particulares em física e desenho geométrico!
Eu dava trabalho mesmo era em disciplina, e imaginem eu, essa pessoa pouco bagunceira estudando num colégio alemão caretíssimo e tradicional!
Pois é.
Então, semana sim, semana não, Amanda era chamada na escola.
Ela ficava puta, rolavam uns castigos disciplinantes, mas nada sério.
Amanda me leva leite na cama, desde os meus 2 anos de idade, antesde ir pro trabalho ela me cutucava, entregava o copo, esperava eu tomar e pronto, poderia ir ao trabalho satisfeita com a prole alimentada.
Puro carinho.
E fez isso até eu casar.
Motivo pelo qual quando me casei passei a acordar com fome!!
E motivo pelo qual eu tenho uma mamadeira, como vocês sabem, e vou tomando meu leite no carro...
Amanda foi uma mãe criança, na realidade acho que ela é criança até hoje.
Bixiguinhas de água no carnaval?
Ela tbm queria. Mas não bastam bixiguinhas! Ela quer mangueira. Bixiguinha é pouco pra ela.
Spray de espuma?
Ela quer.
E eu aprendi a ser assim com ela, eu topo as coisas!
Árabe ainda comentou isso outro dia, meio rindo, porque eu sou assim, eu sou animada. Eu topo as coisas!
Amanda organiza os raftings da família, bota pilha, e estando dentro do bote, quer vencer de qualquer maneira!
Amanda apoia as coisas.
Amanda é carinhosa.
Lembro que na viagem agora, eu deitava no colo dela no carro,  soltava os cabelos e pedia:

---- Procura piolho!

E Amanda procurava.... E dizia:

---  Nossa, que piolhão. E gargalhava. hahahahahaha
E era só uma forma de eu ganhar cafuné no cabelo que é das coisas que eu mais amo no mundo.
Deitar no colo e alguém mexendo no meu cabelo é quase uma experiência extra corpórea.
É demais pra mim!
Amanda é daquelas que, se contrariada, mostra a lingua.
Herdei isso dela também. Grande ofensa.
Mostrar a lingua. Rs
Amanda , como toda boa mãe, liga nas horas mais impróprias.
Amanda inventa apelidos pras pessoas e os apelidos pegam.
Simples assim.
Amanda apelidou o marido de alguém de marcha lenta, e até o cara morrer, só se referiam a ele em sua ausência como o marcha lenta.
Aconteceu também com o dono do mercado do bairro que virou  imediatamente "estatueta".
Tudo minha avó falava:

---- Vou até o estatueta  já volto....

Só porque o cara ficava lá, parado na frente do mercado, como uma estatueta!

O pai de uma pessoa  da nossa família ( um agregado) que virou Porpeta por causa do nariz.
A sogra da minha tia que virou " Ovo de páscoa" e etc...
Todo mundo tem apelidos.
E os apelidos, pegam.
E o pior, a pessoa apelidada, nunca desconfia.
Não é que a pessoa sabe que tem um apelido saca?
É mais sórdido que isso.
A pessoa não faz a mais puta ideia, ela simplesmente foi apelidada por Amanda e pronto!
Amanda, uma vez enquanto acampávamos, quis porque quis convencer meu tio a matar um urubu para assarmos o tal do urubu. Amanda queria comer urubu.
E meu tio ficava tentando convencê-la de que não, que urubu só come carniça, que a carne deve ser dura e blá blá blá.
Tipo isso, tipo louca.
Amanda é figura.
Amanda nunca foi uma mãe convencional.
Amanda me buscava na escola de rabo de cabelos negros como a asa da graúna soltos e all star!
Amanda usa Osklen, pelo amor de Deus!!
Amanda fala gírias.
Amanda faz o melhor bolinho de batatas recheados de carne moida do mundo inteiro.
é das poucas coisas que ela cozinha, mas são de comer de joelhos.
Amanda me levava todas as sextas feiras ao Mc Donald´s antes da escola, pra almoçar.
Amanda só come o número 1!
E eu como todos os lanches, mas no geral como número 2 e só o lanche do 3 , sem batatas com nuggets!
Rá.
E Amanda tem o Hawaí, Amanda toma cerveja e voltou a fumar.
Amanda gosta de sorvete de morango e quase nunca acerta nas escolhas dos pratos em restaurantes.
Amanda fala comigo com voz de bebê quando quer alguma coisa.
E isso é o mais bizarro.
Ela fala com voz de bebê e eu com essa voz de Cid Moreira.
Amanda é engraçada.
Sem querer.
Não é forçado.
Amanda gosta de música e inventa algumas, como o do indío camarada, que ela canta aos sábados de manhã, pra me irritar, só pode ser.
Amanda tem uma memória péssima para coisas presentes e uma memória gigante para coisas do passado.
Amanda é isso minha gente.
Minha mãe.
Uma boa mãe.
Uma mãe amorosa, querida, fofa, engraçada e maluca.
Uma mãe preocupada, palpiteira, e jovem.
Uma mãe que eu amo.
E que eu devo muito a ela.
É isso.
Espero que tenham gostado de conhecer um pouco mais sobre Amanda.
E a própósito, tudo que eu escrevo no face, é de verdade viu?
Amanda fala essas coisas mesmo.
E eu ainda ficarei rica escrevendo sobre as coissa que Amanda fala e pensa...
Beijos putada!!!





9 comentários:

..Mônica.. disse...

que liindo esse post!
:)
ameei conhecer um pouco mais da Amanda! rs

Thania disse...

hahahaha muito bom!
Amanda figurassa!
Tal qual, vc! rs

Bjs

Fá Quintal [♥] disse...

Posso te adicionar no face? sou sua leitora assídua, e seria uma delícia poder te ler tb no face! Sou Fá Quintal no face, vou te procurar!
Adoro Amanda sem nem mesmo a conhecer! rsrs mto engraçado isso, parece que sei exatamente como ela é, divertida, alto astral e total do bem!

Beijos

Karolina disse...

Me identifiquei um pouco com Amanda. Acho que sou um pouco assim com a minha filha. rs. Seus textos são ótimos. Bj.

Daniely Novo Kamaroff disse...

Demais sua mãe!!!

Eduardo - TR3S MEIOS disse...

Engraçado ver logo acima da caixa de comentários:
Faça um comentário. Pode falar, só não pode xingar a mãe!

E aí eu te pergunto: Quem em sã consciência teria coragem de xingar Amanda???
Já te falei e vou repetir: Um livro sobre os causos de Amanda seria um sucesso editorial, deixa de ser preguiçosa e começa a colocar essa veia literária para fora. BEST SELLER fácil!!
Beijo grande no coração.
Edu

closet da fla disse...

Bruna adorei conhecer melhor a Amanda! Bjus

Monica Louize disse...

Amadinha,
Eu quero conhecer Amanda pessoalmente!
Vc não vai marcar a data?!
Ti tipo NET, esperando!!!
Beijosssss

Geíza Bolognani disse...

Essa sua mãe Amanda é muito amada!
Diz pra ela que apaixonei... só não pode contrar pra minha, que a Doña Stela Maris I é escorpiana, possessiva e vai partir pra porrada.
Acho que gostei tanto... pq sou meio mãe Amanda, rs.