Total de visualizações de página

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Sobre Natal, álcool e Eugenia...



Daí que já passou natal, já passou ano novo e estamos aqui, no dia de Reis.

O que eu posso dizer sobre o Natal é que foi delícia.

A família do meu cunhado foi se juntar a nós, e meu sogro também.

Eu acabei emendando o feriado do Natal e não trabalhei nem no dia 23 e nem no dia 24 como boa bancária que sou, pois sou uma excelente funcionária e ganhei folga.

Chefinho percebeu que eu gostaria de matar algumas pessoas, e para não ter o trabalho de levar cigarros para mim na Penitenciária do Mandaqui

(se é que há uma penitenciária no Mandaqui) resolveu me conceder uma folga maravilhosa.

Tudo isso para contar que sim, eu folguei e daí logo na sexta feira que antecedia o natal eu pude me considerar em semi férias.

Meu coração palpitava de alegria.

Enfim.

Sogrito chegou na segunda feira e partimos rumo a um barzinho, porque né?

Beber é vida.

Rumamos para o Bar do Arnesto. Tão maravilhoso tomar cervejinha com eles.

E batemos papo, demos risadas infinitas, foi delícia.

E durante esses dias que antecederam ao natal, e nos dias subsequentes aproveitamos para irmos a barzinhos, pegarmos piscina, comermos frango assado no Galinheiro Grill como se fosse nossa última refeição antes da cadeira elétrica, enfim, coisas simples e maravilhosas para nos despedirmos de 2013.

Daí o natal passou, Larissa e sua barriga gigante que me leva a falar todas as vezes sem exceção:

“ Veio cobrar o aluguel, Sr Barriga”, o que arranca gargalhadas dela e das pessoas que estão em volta,  mas né? Que barriga é aquela pai celestial.

Otávio não para de crescer minha gente.

Como faz?

Enfim, há boatos de que ele chega ainda este mês, tipo dia 23/01 para abrilhantar as nossas vidas!

Brilha muito Otávio, titia apoia.

Daí veio o ano novo, e fomos pra casa de Milenets, com nossos amigos, muita champa, muita cerveja e eu protagonizei, evidentemente meu mico inicial de 2014.

Assim, rapidinho.

Tava lá, a mãe da Mi arrumou uma mesa mara, com sousplats maravilhosos, e eu distraída ( tinham tirado meu prato de cima do sousplat), vou lá, e lépida e faceira e me sirvo no sousplat.

Beto, amado que é, falou baixinho:

 

--- Amor, vc ta se servindo no sousplat.

 

Mas já era tarde Brasil.

Já era tarde, eu já tinha me servido, e vocês me conhecem... Eu não consigo não rir. Nem dos outros e muito menos de mim mesma.

E daí eu falei alto,  “ gente eu me servi no sousplat “ chamando a atenção de todos, contratei um avião para passar com uma faixa onde estava  escrito  “ Chica comeu no sousplat”, entrou uma bandinha cantando sobre o ocorrido, nós pulamos fogueira , teve a queima de fogos em minha homenagem e todos rimos.

Eu sou assim. Não aguento não rir.

E tudo bem né gente?

Tudo bem.

Ninguém vai deixar de me amar por causa disso.

Talvez minha sogrita e Amanda  se remoam de desgosto, mas né? Elas me amam tbm...

E daí dançamos, rimos, nos abraçamos vendo a queima de fogos, eu chorei como sempre, porque eu sou a “ cagona do ano novo”. Eu sou assim, me aceitem.

Eu tenho medo de ano novo, eu tenho medo do desconhecido, eu tenho medo do PT!

Hahahahahaha

É tudo verdade, mas a gente tá falando sobre o ano novo só... Foco. Foco, porra, foco!

Mas daí que eu fico pensando, “ vou perder meus pais, vou perder meu cachorro, vou perder meus óculos,” .

Na verdade é medo da perda que eu tenho.

Eu não sei lidar com perdas. Eu sofro a perda antes da perda entendem? Eu choro a perda dos meus pais há anos. E eles tão aí, vivos!

Super normal.

Ok?

Grata.

Eu sei. Terapia tá aí pra isso.

Veremos...

Enfim que a noite foi deliciosa com gente amada e amiga.

No dia seguinte, aquele dia mundial da ressaca né?

Fomos almoçar nos pais do meu cunhado e depois ficamos jogados no sofá assistindo maratona Friends.

Daí a semana passou, meu sogro voltou de sua estada em Brotas e fomos ao Juarez comer picanha e comemorar a vida e o fato de não sei como ainda não termos desenvolvido cirrose. Mistério.

Bom, daí veio o final de semana em todo seu esplendor, e na sexta rumamos para o Moça Bonita para tomarmos, olha que coisa, chopp.

Eu, papito e Beto.

E falamos bem e mal do mundo.

E falamos de futebol, de política, de saudades, de passado e de viagens.

E falamos de futuro, de netos, de memórias e de fotografia.

E foi uma noite deliciosa, eu e meus dois homens da minha vida.

Meus dois amores.

Sem cunho sexual com relação ao meu pai porque eu não sou doente.

Não, só to dizendo porque né? Tem louco pra tudo.

Mas continuando.

Daí no sábado eu fiz um Espaguetti para o Beto com camarão antes de irmos para o aniversário de 30 anos de Milenets.

E ficou delícia.

Porque tem mais essa: Vou voltar a cozinhar!

E já comecei.

E depois fomos para o Ilha das Flores, porque começou uma garoa do mal e tivemos que abortar o plano do Astor Truck do Cidade Jardim.

E foi delícia, nossos amigos queridos, bebemos vinho rose, demos risadas, comemos o bolo maravilho que Jusias fez pro niver de Mi e ficamos batendo papo até umas 21 hs...

Ficamos em casa mesmo, eu e Pinguinlino, meu amor.

Domingo fomos almoçar com meu pai, lari e cunhado no Consulado da Bahia.

E depois do almoco eu e beto ficamos de preguica em casa e a noite assistimos NFL, o jogo do 49 niners do qual Beto eh torcedor fanatico.

Mas pois bem que eu disse que vou voltar a cozinhar.

E entao me dei de presente a Eugenia, que eh a batedeira da Kitchen Aid vermelha e maravilhosa que vem ate com moedor de carne.

E eu me desprendi de algumas estalecas e adquiri a maravilhosa Eugenia.

Fatei tudo em Eugenia.

Baterei bolos, caldos, moerei carne, moerei dedos humanos, baterei claras em neve, baterei ovos para um simples omelete, farei de um tudo em eugenia para valer a pena o dinheiro investido.

No carnaval ao inves de jogar confetes jogarei claras em neve nas pessoas.

Baterei milk shake, baterei nos meus filhos com a batedeira quando os tiver, assim, vou fazer valer a pena.

Baterei cremes, baterei leite com toddy, tudo eu usarei a batedeira.

Agora so farei uma receita se no modo de preparo mencionarem " use uma batedeira".

Vai ser assim, baterei mascaras para o rosto, baterei roupa para centrifugar, vai ser muito util!!

Estou empolgadissima!!

A receita pode conter figado de bode. Nao importa! Usa batedeira??

Vou fazer!!

Vou fazer tudo na eugenia!

Inclusive baterei uma mistura contendo galinha preta, prosecco de pessima qualidade r velas para dazer uma mavumba se vcs nao comentarem!!

Quem quer??

Beijao! Saudades de vcs!!!

   

 

 

 

 

 

 

 

 


8 comentários:

cristiano oliveira disse...

HAAHAHAHA...Eu imagino vc jogando claras em neve nas pessoas!!!! XD

cristiano oliveira disse...

Eu imagino você jogando claras em neve nas pessoas e cantando Alalaôôô...Alalaôôô!!!! HAHAHAHA...

Sabrina disse...

Saudades dos seus posts!! Arrasou como sempre! Divida com a gente suas receitas, que aposto serão chiquerrimas rs. Beijo e feliz 2014!!

Sabrina disse...

Saudades dos seus posts!! Arrasou como sempre! Divida com a gente suas receitas, que aposto serão chiquerrimas rs. Beijo e feliz 2014!!

Marcela Coviello disse...

hahahaha.... sempre otimo!!! Feliz 2014!! Mtas reeceitas com a Eugênia! e me convide para experimentar!! bjocas

Vanessa N. disse...

Sai ano, entra ano e a loucura só aumenta!!! E eu me racho de rir!!!

"baterei nos meus filhos com a batedeira quando os tiver" HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Feliz 2014, maluca minha!!!
Bjo

Loraine disse...

Lendo seu post tb já me deu saudade do meu final de ano, tão bom né!

Quando eu for pra sampa você poderia bater um café pra mim na sua batedeira nova? Obrigada =D

Beijo Bru, FELIZ 2014 e inclua "postar mais" na sua resolução de ano novo, hammmm!

closet da fla disse...

Bruna vc é muito engraçada, já começou 2014 com a corda toda kkkk roupas para centrifugar na Eugenia? Hahaha bjs