Total de visualizações de página

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Blá blá blá wiskas sachê... Ou minha vida é uma Ópera!!

Mas olha só que a blogueira promete, promete e não cumpre.
Parece político...
Mas não sou gente.
Não sou.
E nem vou falar de política também, porque como sabemos, e quem me acompanha no face sabe, eu tô super apoiando o movimento.
Não apoio meia dúzia de vândalos, mas sinto um orgulho gigante crescer dentro do peito pelo que tenho visto.
O gigante acordou.
Mas não é disso que vou falar.
Vou falar de mim.
Que é pra isso que vocês entram aqui né?
Pra saber de mim...
Rá.
Tenho tantas novidades!
Na verdade não são tantas, mas eu estou tão feliz que parece que são tantas!
A verdade é que eu estava trabalhando num lugar que eu não estava conseguindo me adaptar, por ter sido uma mudança brusca.
Eu nunca tinha trabalhado em empresas, apenas em bancos, e então vocês podem imaginar o que eu quero dizer com "mudança brusca".
Mas enfim, que eu sou brasileira e não desisto nunca, fui lá, encarei o desafio mas o coração sempre falando todos os dias de manhã, acompanhando o ritmo do despertador: " Não tá certo acordar para fazer o que não se gosta".
E o coração não tinha sossego.
E eu não dava sossego para ninguém, no melhor estilo Maria do Bairro, aqueles dramas que só eu sei fazer.
Dramas do verbo: " Eu sou infeliz, eu sou uma injustiçada, eu sou uma vítima...".
Eu sei.
Não tenho roupa para ser triste, mas eu estava triste.
Minha vida estava parecendo cubo mágico, quando acerta de um lado caga do outro né?
E pelo lado certo traduzam como o meu relacionamento com Beto.
Vida pessoal indo maravilhosamente bem, e eu acordando pra trabalhar com o nó na garganta....
E eu não nasci para acordar com nó na garganta.
Então eu acordava para trabalhar porque afinal de contas ficar em casa gastando papel higiênico não dava mais, mas eu não tava contente.
Enfim, tudo isso para falar que eu finalmente passei no processo seletivo do banco que eu queria trabalhar, para a área que eu queria, que é a tesouraria, que é o que eu amo fazer, que é operar no mercado financeiro.
Mas não foi fácil.
O processo não foi fácil, 800 entrevistas, e depois a teve a prova né?
Porque assim, quem trabalha em mercado financeiro sabe, precisamos fazer uma certificação a cada 5 anos, que se chama CPA 20.
E quando finalmente estávamos no fim do processo, eu descobri o quê?
Um doce para quem disser que eu descobri que a minha certificação estava vencida.
Ah, me ufano de certificações que vencem...
E daí eu marquei a prova e estudei como uma cachorra e marquei a prova na sexta feira.
Sei que eu estava tão tensa, fazendo da existência de Beto uma lástima, porque eu deveria estar insuportável, enfim que eu saí da prova e simplesmente não sabia dizer se tinha ido bem ou mal e passei o final de semana me torturando, bem novela mexicana.
Isso tudo para dizer que sim, eu passei, e começo no trabalho novo na terça feira.
Teve também o dia dos namorados né?
Ah... que delícia foi comemorar o dia dos namorados.
Beto veio pra casa para irmos jantar.
Não gente.
Não ganhei um camelo.
hahahahahaha
Mas ganhei um colar maravilhoso!!
Beto ganhou uma bota timberland e uma camisa.
Saímos para jantar no Piero, uma cantina aqui perto, mas não sem antes fazermos toda uma epopéia pelo bairro, tentando em vão encontrarmos um restaurante.
Porque é assim né?
O povo fala que está encalhado, mas é mentira!
Tava todo mundo na rua.
Eu vi!!!
Logramos êxito ao conseguirmos uma mesa, tomamos prossecco, adoro restaurantes que me presenteiam com prosseco.
Eu nasci para tomar prosseco.
Vocês sabem.
Tomei também sangria, uma jarra inteira, enquanto Beto tomou cerveja.
Comemos massa, demos risadas, falamos bem e mal do mundo e falamos sobre o futuro.
Continuamos com o dilema do minha casa minha vida.
Foi uma noite divertidíssima.
Apesar da cólica do mal.
Sim, dileta audiência, porque o ano passado que eu estava solteira jogada num bar com amigas, no Astor enchendo a cara de mojitos randômicos e infinitos eu não estava com cólica.
Mas é só eu namorar, após um longo e tenebroso inverno, que olha só, que bacana, temos cólica.
Um beijo, Lei de Murphy!
De qualquer maneira, não poderia ter sido uma noite melhor.
Chegamos em casa meio bêbados, e sim, desrespeitamos a lei seca mas quero afirmar também que o restaurante é na rua de baixo da minha casa, logo não saímos por aí como desvairados matando pessoas nas ruas!!!
A semana passou com a tensão pré prova e tal.
Porque eu sou muito tensa.
O sangue italiano não me permite ser calma.
O sangue italiano não me permite não dramatizar.
Todo um sofrimento.
Minha vida é uma ópera.
Me julguem.
Na sexta feira fomos jantar no japonês aqui do bairro também, tomamos cervejinha, comemos coisas deliciosas e viemos pra casa.
No sábado acordamos aqui em casa e Amanda também tinha dormido aqui.
Sim porque Amanda às vezes dorme no Joe quando eu e Beto dormimos aqui, mas dessa vez ela estava.
E não somente estava como havia comprado um bolo maravilhoso de maça com canela.
Para o Beto, que fique claro.
Fico me perguntando o quanto eu deveria estar dando trabalho na minha vida de solteira, ou o quanto Amanda achava que eu nunca mais arrumaria ninguém que prestasse.
Não sei.
Fico pensando nisso às vezes, porque Beto é um rei na minha casa.
Tudo é para o Beto.
Os cachorros não podem latir porque vão acordar o Beto.
A vida de Amanda gira em torno do Beto. Beto é o filho que Amanda não teve.
Márcio não dorme em casa, já que mora com minha irmã, então Beto é um rei.
O queijo é do Beto, o café é o pó que o Beto gosta, o bolo é do Beto, o pudim é do Beto...
Tudo é do Beto.
Não que eu tenha ciúmes.
Não tenho.
Mas outro dia fui pegar um pedaço do pudim e não pude, porque Beto ainda não havia comido.
E Beto não merece um pudim que já foi cortado sem antes ele ter provado.
Achei o fim.
Mas enfim...
Sei que depois fomos para o aniversário do Edi, um amigão meu do mercado financeiro, que toda vez que me vê fala:

--- Eu nunca quis te comer, nem se vc tivesse pelada na minha frente, porque eu sou seu amigo.

Me sinto até ofendida.
Nem se eu tivesse pelada? Puta que pariu!!!
hahahahahahahaha

E o Edi estava fazendo 51 anos, e nós fomos lá prestigiá-lo.
Daí que é muito engraçado, porque o Edi, uma vez, quando ele era office boy do Safra, ele foi entregar uns documentos na APAE, uma doação ou coisa parecida.
Quando ele estava saindo da Apae, o segurança perguntou pra ele:

--- Onde vc vai?

---- Embora, oras.

---- Não senhor, vai lá brincar com seus amiguinhos...

hahahahahaha, choro de rir com essa história, porque o segurança achou que o Edi era da Apae e ele ficou morrendo de medo de nunca mais poder sair de lá.
Concordo.
Deviam tê-lo prendido.

Ficamos no bar, um bar de espetinhos, e eu super tô me vingando de ter ficado de motorista do Beto, e então eu bebi muita cerveja.
Vimos o jogo e depois fomos pra casa do Beto.
Mais tarde shopping para trocarmos o presente dele que ficou grande, jantamos no Fifthie`s e fomos dormir.
No domingo eu acordei desesperada porque tive pesadelos horríveis que eu não havia passado na prova e que meu pai tinha morrido.
Beto é um ser muito paciente.
Um prêmio por ele me aguentar.
Fomos para o aniversário do sogro da minha irmã, num bar na vila mada, que chama Alto da Harmonia.
Meu pai foi tbm.
Não, ele não morreu.
Graças a Deus.
Ficamos bebendo, rindo, ouvindo música, comendo frituras infinitas e passamos o dia todo lá.
Sei que chegando na casa de Beto eu dormi, bêbada e passei super mal.
Uma ressaca do pântano.
Não tenho mais 20 anos.
Simples assim. Envelheci.
Beto me trouxe em casa, esperou eu tomar banho, me colocou na cama e foi embora.
Não sei. Não sei o que seria de mim sem Beto!!
Daí a semana começou indo levar os documentos no emprego novo, exame médico, demissão e blá blá blá wiskas sachê.
Estou feliz.
Estou em paz.
E estou morrendo de orgulho do meu povo que finalmente acordou, caiu em si, o gigante acordou.
Se sou a favor?
Sou.
Sou a favor de uma reforma política, sou a favor que votemos direito, porque não adianta lutar como leão e votar como jumento.
Não sou petista, nunca fui, mas também não sou cega de achar que só eles roubam.
Eles roubam.
Mas tá na hora de pararmos de aceitar o " todos roubam", e lutar por gente que não rouba, porque com certeza tem!!!
A mentalidade tem que mudar.
E tem que começar dentro de casa.
Não adianta usar carteirinha de estudante sem ser. não adianta fazer gato net, não adianta burlar o sistema e sonegar impostos se queremos transparência.
Acho que a hora é agora.
E isso dá esperança.
E esperança é muita coisa!!
Não é?
Fiquem com Deus, obrigada pela preferência de sempre, e quem ainda não adicionou o Amélia no face, gente, vai lá, é tão legal...
Obrigada viu?
Mesmo!!
beijos em vocês...
Então que é isso putada!!


Então que tomamos café da manhã com Amanda, comemos o bolo do Beto, e depois eu e Beto fomos



8 comentários:

Loraine disse...

Só Deus sabe como fiquei ansiosa por conhecer seu camelo. Uma ponta de tristeza por ser um colar, embora acredito que seja lindo.

Eu passei o dia dos namorados no RJ trabalhando e aí depois da janta dei uma escapadinha pra passear e fui no Jobi e lembrei de você. Se não me engano você ia lá nas suas viagens pro RJ. Tinha solteiros de monte, mas tinha um casal super curtindo um namorinho também.

Parabéns pelo emprego! Bj

Lilith disse...

Fico realmente feliz em saber que você vai trabalhar em algo que gosta...nada pior que gastar a vida da gente fazendo o que a gente não gosta...ainda mais no trabalho, onde passamos uma grande parte do nosso tempo.

Parabéns, que tudo dê certo para você nessa nova etapa.

Adorei também saber que o namoro vai de vento em popa...acho bacana acompanhar as fotinhos do casal no face...casal lindo!

E confesso que tirando os vândalos...eu também sinto um orgulho enorme de fazer parte desta geração que começa a protestar contra toda essa corrupção que existe em nosso país.

Acho lindo ver as pessoas saindo às ruas pacificamente e gritando por seus direitos. Não para apoiar algum partido político...mas para defender legitimamente nossos direitos de cidadãos.

Nossa...comentário gigante...

E sim...eu acesso seu blog porque adoro ler suas histórias e sacadas...me divirto muito e sou fã de Amanda também...rsrrsr...

Um grande beijo e tudo de bom...

Flavinha disse...

Bruna parabéns pelo emprego novo. Difícil demais passaro dia num lugar que não nos sentimos realizadas. Já passei por isso e sei que é ruim ao infinito!!!
Boa sorte no emprego novo!!! Bjs

fatinha disse...

Muitas felicidades no seu novo emprego. Sei que vida de bancário é muito estressante, afinal sou uma bancária aposentada, mas quando trabalhamos no que gostamos, a vida se torna melhor e o tempo parece que passa mais rápido. Adoro seu blog, seu facebook. Adoro saber das fofocas da sua vida...quem não gosta de saber um pouquinho da vida do outro, né????rsrsrsrs Muitas bênçãos na sua vida amorosa e na sua vida profissional. Beijos!!!!!!

fatinha disse...

Muitas felicidades no seu novo emprego. Sei que vida de bancário é muito estressante, afinal sou uma bancária aposentada, mas quando trabalhamos no que gostamos, a vida se torna melhor e o tempo parece que passa mais rápido. Adoro seu blog, seu facebook. Adoro saber das fofocas da sua vida...quem não gosta de saber um pouquinho da vida do outro, né????rsrsrsrs Muitas bênçãos na sua vida amorosa e na sua vida profissional. Beijos!!!!!!

Sabrina disse...

Parabéns por ter se empenhado e conseguido a vaga que tanto queria! Dava pra perceber que não estava motivada com o outro.
Bjao!!

Sabrina disse...

Parabéns por ter se empenhado e conseguido a vaga que tanto quis! Dava pra perceber que não estava tão motivada no outro. Bjao!!

Deca disse...

ADOROOOOO! Que bom que vc conseguiu o emprego que queria...
Tb estou orgulhosa...e vc sabe disso pelo face!
AH...Alimentei o Chicooooo...pela primeira vez...hahahahaha
É que normalmente te leio pelo tablet, e lá (no Android) ele não aparece ;-(
Mas hj deixei-o bem gordinho!!!
BJKS