Total de visualizações de página

domingo, 4 de dezembro de 2011

Enc: Era uma epoca...

Enviado pelo meu aparelho BlackBerry da Claro

-----Original Message-----
From: brunadeleo@gmail.com
Date: Sun, 4 Dec 2011 20:13:54
To: <brunadeleo@brunadeleo.blogger.com>
Reply-To: brunadeleo@gmail.com
Subject: Era uma epoca...

Era uma epoca onde eu tinha uma marca de regata a la caminhoneiro, gracas as horas e horas montando meu Old Jack e saltando obstaculos la na hipica.
Uma epoca em que eu usava culotes com meias do Palmeiras em dia de competicao.
Eu, e algumas amigas.
Uma epoca em que eu chegava cedo na hipica e ia embora so no fim do dia nos finais de semana.
Uma epoca em que ele ia sempre comigo. Sem reclamar.
Uma epoca em que eu almocava na hipica o famoso "kinojo" da Paula.
Eu e ele. E ele la, sem reclamar.
O kinojo basicamente era um miojo escorrido como macarrao, com requeijao, presunto, e hahaha ovo frito.
Uma epoca em que eu dava longos banhos no Jack e na Flica, a ovelha do Jack.
Uma epoca em que ele, ajudava, e entre um banho e outro espirrava agua da mangueira em mim.
E eu as vezes ria.
As vezes mandava ele se fuder.
Brava.
Apimentada.
Arisca, como so eu sei ser...
Uma epoca em que eu fazia faculdade de economia e trabalhava no Santander.
Uma epoca em que todas as quartas feiras ele me buscava na faculdade e iamos comer no hamburguinho da Faria Lima.
Uma epoca em que eu ria muito com ele.
Uma epoca em que eu via, todos os dias na faculdade a Lala, a Carlinha e todos os nossos amigos.
Uma epoca em que a gente matava aula e ia beber.
Uma epoca em que eu era patrocinada pela faculdade no hipismo.
Uma epoca em que o Samuel era a coisa mais rica do mundo, e eu nem imaginava um dia a vida sem ele.
Ele, sim, o Samuel.
Uma epoca em que minha pele era morena com marcas de regata, minha bunda era empinada por conta do hipismo, meu coracao era cheio de amor.
Ele.
A pessoa que me amava mesmo com todas as nossas diferencas.
Me amava sem virgulas, sem "mas", sem ressalvas.
A pessoa que sabia de " A a Z" tudo que eu era e o que podia esperar de mim.
Quando iamos aos jogos do Palmeiras ele comprava as cervejas, ele comprava os picoles, mas quem gritava os palavroes mais cabeludos ever, quem cantava o hino com os olhos banhados em lagrimas era eu.
Quem via de fora achava que eu era o homem da relacao.
Mas nao.
O tchucao ( era assim que nos chamavamos) era tao homem, tao homem que nunca se sentiu diminuido por certas atitudes que eu tomava e com certeza ainda tomo.
Era uma epoca em que eramos tao felizes.
Uma epoca em que os meus sonhos eram prontamente atendidos e eu nao precisava falar.
Uma epoca em que nada era tao gostoso quanto falar: Nao fode tchucao!!!
Brava.
Arisca.
E ele?
Ele ria.
Ele me desmontava.
Ele na verdade nao ligava.
E dai, 4 anos e meio se passaram e ele resolveu ir embora pra Espanha porque os negocios nao estavam bem aqui.
Hoje eu vejo que ele precisou esconder de mim a mudanca pq do contrario, ao primeiro sinal meu, de descontentamento, ele ficaria.
E eu enlouqueci!
Fiquei com mta raiva.
E ele disse que voltaria em um ano.
Mas me senti tao traida que nao o esperei.
Eu sou assim.
Burra pra caralho.
E hoje, ele ta bem la.
Casado.
Pai
E quando falamos no telefone, cada um chora de um lado.
E faz seis anos.
Mas a gente chora.
Ainda.
Sempre.
E eu lembrei disso hoje porque eu comi kinojo Samuca.
Eu mesma fiz.
E me deu mta mta mta saudades de voce.
Nao so do homem lindo que voce eh, porque meu Deus do ceu, foi feito a pincel, voce...
Um dos homens mais lindos que eu ja peguei...
Ele ia rir se lesse isso... Eu sempre falei pra ele que eu que tinha pegado ele!
Hahahahahahaha
Ah tchucao... Mas nao eh por isso nao...
Eh pelo ser humano que voce eh. E pela saudades que sinto de mim quando estavamos juntos!
Vida que segue.
Mas fico feliz, feliz por ter passado quase 5 maravilhosos anos ao seu lado...

Enviado pelo meu aparelho BlackBerry da Claro

5 comentários:

C. disse...

Que texto lindo, qto sentimento!

Snow White disse...

Amor!!!

quando é profundo.. sempre marca!

***San*** disse...

Ufa,lendo seu texto,logo cedo,em plena segunda-feira,minha TPM batendo à porta...td o q posso dizer é:senti vontade de chorar e conhecer esse homem!!!rsrs...bjus*

Flavinha disse...

Que lindro Bruna, emocionante teu texto. Bj

Sabrina disse...

Post lindo! Cheio de lembranças boas! Nao tem coisa melhor.